Laerte é o mais premiado do HQ Mix; 20ª edição distribui 60 prêmios

O Troféu HQ Mix, o Oscar dos quadrinhos brasileiros, distribuirá em sua 20ª edição –que acontece nesta quarta, no Sesc Pompéia– nada menos do que 60 prêmios em diversas categorias, indo de desenhista revelação a grande mestre.
Mas ninguém receberá tantos troféus quanto Laerte, criador dos Piratas do Tietê e colaborador da Folha: quatro estatuetas. Seu livro “Laertevisão” ganhará três prêmios: edição especial nacional, projeto gráfico e projeto editorial. O quarto prêmio vem pela série em três números “Piratas do Tietê – A Saga Completa”, na categoria de publicação de humor.

Laerte ser premiado no HQ Mix não é uma novidade: com as quatro nomeações deste ano, chega a um total de 33 prêmios nos 20 anos do evento. “Eu ainda fico surpreso”, diz Laerte. “À medida que o tempo passa, vai me dando medo de não ganhar”, conta, rindo. “Penso: se eu não ganhar, o que será que isso significa?”.

Para Laerte, parte do mérito de “Laertevisão” ter recebido três prêmios vem da edição do livro, inclusive o trabalho gráfico, feito por seu filho Rafael Coutinho. “Laertevisão” reúne, além de histórias curtas que trazem pedaços da infância do autor, fotos e propagandas da época.

Outro artista que receberá mais de um prêmio será Allan Sieber, também colaborador da Folha, que venceu em duas categorias: melhor cartunista e publicação de cartuns, por “Assim Rasteja a Humanidade”. “Não vejo nada diferente nos meus cartuns, apenas sigo um caminho aberto a tapas por gênios como Reiser, Wolinski, Jaguar, Reinaldo e Vuillemin”, afirma Sieber.

“Mas preciso comer muito feijão pra chegar ao pé desses caras, que fique claro”, completa. “O Jaguar mesmo já alertou que o cartum está morrendo, não há espaço para ele em revistas ou jornais. É verdade”, pondera Sieber. “O que eu procuro é fazer um cartum sincero, sem muitas firulas, o mais direto possível.”

Além de nomes já conhecidos dos quadrinhos nacionais, o HQ Mix também premia a nova geração, como Jozz, de 25 anos. Após dois anos indo ao evento como espectador, ele subirá ao palco pela primeira vez para receber o troféu de melhor desenhista revelação, por “Zine Royale”.

“Foi uma surpresa, acabei de começar”, conta Jozz. “Sinto como se indicassem que estou indo no caminho certo. É um incentivo.”

CERIMÔNIA DO 20º HQ MIX
Quando: quarta (dia 23), às 20h
Onde: Sesc Pompéia (r. Clélia, 93, São Paulo, tel. 0/xx/11/3871-7700)
Quanto: entrada gratuita (classificação livre)

Fonte: Folha de São Paulo (PEDRO CIRNE, Colaboração para a Folha de S. Paulo) 21/07/08
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u424430.shtml

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s