Terror, Teatro e Quadrinhos

“Vigor Mortis Comics” recria situações ambientadas inicialmente em peças de teatro; Obra foi produzida a seis mãos por José Aguiar, DW Ribatski e Paulo Biscaia; Álbum dialoga com gênero terror e teve lançamento no último sábado em São Paulo (28/05)

Há um diálogo plural entre as linguagens do teatro e das histórias em quadrinhos em “Vigor Mortis Comics”, álbum que tem lançamento neste sábado à tarde em São Paulo. A obra faz criações livres baseadas em situações vividas inicialmente nos palcos pela companhia de teatro curitibana Vigor Mortis. Dirigido por Paulo Biscaia, o grupo já flertava com as HQs desde 2004, ano em que produziu a peça “Morgue Story – Sangue, Baiacu e Quadrinhos” (já levada ao cinema). O flerte virou namoro em montagens seguintes e, por fim, chegou a este casamento em papel, que funde um pouco das duas linguagens. *** A obra (Zarabatana, 112 págs., R$ 30) foi produzida por meio de verba de incentivo cultural e foi encabeçada por Biscaia e os quadrinistas José Aguiar e DW Ribatski. A participação dos dois desenhistas é coerente com o passado da companhia. Foram deles as participações dos quadrinhos nas montagens da companhia teatral. Foi DW quem imaginou o morto-vivo Osvald na peça de 2004. E veio de Aguiar a ambientação em quadrinhos de “Graphic”, iniciada em 2006. A seis mãos, o trio imaginou oito contos curtos sobre personagens ou cenas encenadas nos palcos. Em comum, o diálogo com as peças e o verniz de terror dado às histórias.

Leia mais clicando AQUI.

Fonte: http://blogdosquadrinhos.blog.uol.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s