Daniela Mercury desabafa: “Tô de saco cheio desse atraso brasileiro”

Érica Torres | Redação iBahia
erica.torres@redebahia.com.br

Durante o programa “Salto Alto”, da CBN, a cantora falou sobre problemas enfrentados pelo país, novo DVD e Festival de Verão Salvador
Daniela Mercury participou nesta segunda-feira, 31, do programa “Salto Alto”, da rádio CBN. Em mais uma edição especial em comemoração ao aniversário de um ano do programa, a cantora falou, dentre outros assuntos, sobre a sua indignação diante dos problemas socioeconômicos brasileiros e a falta de ação da população em geral.  “Fico tentando entender porque a gente é assim? Aceita tanta corrupção, desrespeito aos direitos e tanta humilhação (…) As leis brasileiras são muito confusas, muita lei mas não se respeita nenhuma”, disse.
Em continuação, a cantora explicou que o motivo do brasileiro ser passivo e “dar a cara para bater 50 vezes” poderia estar relacionada ao catolicismo e a crença de “esperar que Deus resolva tudo”. “Se esperarmos que Deus ajude o país, nada vai mudar (…) Tô de saco cheio desse atraso brasileiro”, frisou. Como exemplo de problema social, Daniela destacou a violência e o tráfico de drogas da capital baiana. “Salvador esta violentíssima, o crack tomou conta da cidade, isso me desespera e me deixa indignada”, explicou. Para ela, a origem dos problemas está na negligência do povo na hora de votar nos seus candidatos.

Daniela também falou sobre o seu mais novo DVD “Canibália”, que teve o lançamento adiado pela gravadora Som Livre para realização de pequenos ajustes. Questionada sobre a ausência em edições do Festival de Verão Salvador, ela explicou que às vezes é por conta da agenda de shows atribulada, e outras por critérios dos organizadores do evento. Daniela fez questão de dizer que não faz como outros artistas que “se submetem a pedir o favor de participar de eventos”. “Não peço favor para nada, é mais fácil eu fazer outro festival”, revelou.   

A cantora, que se diz tímida e discreta fora dos palcos, falou sobre as dificuldades que enfrenta para sustentar e manter a carreira, assim como outros grandes artistas brasileiros. “Acho que não preciso nem dizer que nesse Brasil não se tem dinheiro para cultura”, disse.
Fonte: Jornal CORREIO

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s