Oficina HQ Entrevista: a estilista Adriana Meira

A estilista Adriana Meira (foto: Shabrina Coelho)

A estilista Adriana Meira tem um trabalho bem característico.Ela usa suas memórias como inspiração, imprimindo nos tecidos formas aplicadas e com bordados manuais,sempre invocando um espírito poético com perfume lúdico.

Fotos das criações de Adriana Meira: Andréia Nery | Modelo:Isabel Hoisel

1) Oficina HQ:  O que te inspirou na sua nova coleção? 
Adriana Meira: Minha fonte vital são as minhas avós materna e paterna – in memorian- que faziam trabalhos manuais preciosos como bordados, fuxicos, pontos especiais com um avesso tão lindo quanto a parte a vista…tinha algo de muito encantador e subjetivo quando eu as observava fazer.Se fecho os olhos e lembro, posso até sentir o cheiro de todas as vezes que as presenciei assim. Também adoro observar pessoas na rua. Livros de arte e decoração também me ajudam muito.
Antes da produção, como veio a idéia?
A.M.: Trabalhei pra diversas lojas e marcas aqui em São Paulo pra conhecer a cidade e saber quem era quem além das revistas, princialmente no varejo, e como no passado ja tive uma outra marca-confecção, vi que tinha mercado pra investir novamente.Acho muito importante saber recomeçar em qualquer fase da vida da gente e a idéia da coleção é brincar com os bordados aliado a tendencia de caveiras, bixos,patchwork,rendas misturando com malha que é o material que mais gosto de trabalhar.

Foi um tema encomendado, sugerido?
A.M.:
 O tema “Ela vai dançar” é o nome de uma música que adoro de Lirinha (ex cordel do fogo encantado)e Fabio Trummer (banda Eddie)…ouvindo essa música fiquei imaginando o que essa mulher que fala a música estaria usando, do que ela gosta, dos seus gestos, etc.

2) Você tem um processo criativo padrão?
A.M.:
Não.Só tento alimentar minha mente com pesquisa e na parte de montagem a peça tem que me agradar visualmente, se não mudo tudo e começo de novo.

Quero saber se por exemplo: você sempre desenha? Ou sempre assiste filme relacionado ao seu tema?
A.M.:
Sempre desenho, mas não faço croqui, faço um rascunho e vou redesenhando até ficar bonito.e quanto a assistir filmes, eu sempre vejo,mas não necessariamente relacionado ao tema.As vezes o tema não tem nada a ver e eu capto uma informação que vai servir infinitamente mais pra trabalhar.


3) E os acessórios? Você pensa junto com a criação das roupas? Ou é outro momento?
A.M.:
São juntos.Nas pulseiras, em específico, pensei mais em algo ecológico.Reaproveitei retalhos e vi que podia ser legal imaginar que o braço está cheio delas,mas com um fecho único.o resultado é bem interessante!

4) Como é que se dá o crescimento de um estilista? É necessário participar de desfile para o êxito? Ou não existe regra?
A.M.:
Acho que não tem muita regra,mas muitos são apadrinhados por pessoas influentes, outros tem muita grana pra “se lançar”, ou outros vão na cara e na coragem mesmo.Originalidade e um bom acabamento contam muitos pontos e claro um desfile é uma excelente vitrine já que tem status “glamourizador”.

5) Adriana, fala um pouco de sua experiência. EU sei que essa não é sua primeira coleção. Como se deu seu encantamento com a moda e como foi sua trajetória até aqui?
A.M.:
Eu sou bem clichê em falar disso,ja que sempre sonhei em ser estilista desde criança.Tenho albuns gigantes até hoje que eu ao invés de estudar, ficava horas a fio desenhando.Eu escrevia uma história de uma modelo e eu fazia com que ela vestisse roupas de vários estilistas famosos que eu conhecia fuçando revistas de moda.Nasci no interior da Bahia na cidade de Brumado e fui estudar em Salvador por volta dos meus 18 anos e pouco tempo depois fiz Gestão e design de moda na Unifacs.Na faculdade trabalhei pra várias marcas e artistas locais até entrar pra uma grande confecção por quase 3 anos, depois disso trabalhei em revista como colunista mensal de moda em Brasilia, depois tive uma confecçao com uma amiga na Bahia e então vim morar em São Paulo onde trabalhei como vendedora,gerente de produção, etc.Até que eu decidi voltar a fazer roupa que é o que amo de verdade.

6) Tem algum desfile ou outro evento que esteja agendado para mostrar sua nova coleção? 
Ainda não, mas quero fazer algo diferente.

7) Onde as pessoas podem conhecer mais suas criações? Suas roupas, acessórios?
A.M.: por enquanto só pela internet mesmo pela fan page enquanto o site está sendo feito. Pedidos por email também: adriana_meira@yahoo.com.br

:: Ação Cultural Oficina HQ
* Foto da estilista Adriana Meira: Shabrina Coelho
* Fotografias das criações da estilista Adriana Meira: Andréia Nery
* Modelo: Isabel Hoisel

Publicidade:
_______________________________________________________

Anúncios

Um comentário em “Oficina HQ Entrevista: a estilista Adriana Meira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s