Inscrições abertas para Oficina de Quadrinhos em Salvador

A Ação Cultural Oficina HQ, coordenada por Wilton Bernardo, em parceria com o Museu Carlos Costa Pinto, abre inscrições para Oficina de Quadrinhos em Salvador-BA. A atividade acontece durante 10 encontros, aos sábados, nas instalações do Museu, a partir de 13 de abril.
BANNER_OFICINA_HQ_Abril_2013

Desde 2003 que o artista gráfico/ plástico, através da Oficina HQ, realiza ações culturais diversas em Salvador. Além das dezenas de Oficinas de Quadrinhos voltadas para adolescentes e dultos, bem como oficinas de desenho para o público infantil, o portfolio da Oficina HQ tem muitas exposições e ações sociais.

Confira algumas realizações abaixo:
cartaz-exposiçao
Exposição Releitura do Batman, na EBEC Galeria de Arte

layout1
Exposição 45 ano do Homem-Aranha, no Shopping Itaigara

titulo-HQ-Bahia
tira-m02g
Exposição HQ BAHIA I, na Galeria da Aliança Francesa(Salvador-Ba)

topo-viloes1
eri01G
Exposição A VEZ DOS VILÔES (o trabalho acima, de Eri, participou da mostra)

topo-itinerante

Projeto Oficina HQ Itinerante, que levou oficinas de Quadrinhos para comunidades carentes de Salvador – Projeto contemplado através de Edital do Governo da Bahia

Essas são algumas da diversas realizações da Oficina HQ, coordenada por Wilton Bernardo. Breve divulgaremos mais realizações dessa Ação Cultural que completa 10 anos e atividades contínuas, neste ano de 2013.

:: Oficina HQ
www.oficinahq.com

IDW lançará coletâneas com tiras de jornal do Superman, Batman e Mulher-Maravilha

silveragedailiesv1
Em julho, a editora IDW Publishing começará a publicar as clássicas tiras em quadrinhos de jornais do Superman, Batman e Mulher-Maravilha em forma de coletâneas. Muitas dessas histórias jamais foram vistas desde a data em que foram impressas pela primeira vez em jornais. O projeto é uma parceria com a DC Entertainment.

Superman teve tiras em jornais por mais de 25 anos, entre 1939 e 1966, e apenas 10% desse material chegou a ser reimpresso de alguma maneira. A IDW lançará três volumes para cada personagem, divididos em The Silver Age, The Atomic Age e The Golden Age.

A primeira delas será Superman – The Silver Age Newspaper Dailies – Volume 1 – 1958-1961 (288 páginas, formato 28 x 22 cm, US$ 49.99), aproveitando que um mês antes o filme O Homem de Aço estreará nos cinemas. Serão quase 800 tiras com artes de Curt Swan, Wayne Boring e Stan Kayne. As histórias foram escritas pelo cocriador do herói, Jerry Siegel.

A capa é de Pete Poplaski, criada para evocar o visual e estilo da época.

“É como descobrir um universo alternativo inteiro das clássicas histórias da Era de Prata. É o próprio Jerry Siegel fazendo um remake das aventuras”, empolgou-se Dean Mullaney, editor do projeto.

As datas de lançamento para os volumes do Batman e Mulher-Maravilha ainda serão anunciadas.

Fonte: Universo HQ

BANNER_OFICINA_HQ_Abril_2013

Salão de Humor de Piracicaba recebe inscrições até 19 de julho

40Salao-de-Humor-de-Piracicaba

O Salão Internacional de Humor de Piracicaba celebra quatro décadas em 2013. Para participar dessa edição histórica, artistas profissionais e amadores podem se inscrever até o dia 19 de julho.

Os prêmios somam R$ 43 mil e os trabalhos podem ser enviados pela internet ou via correio.

Cada artista pode enviar no máximo três obras, com tema livre, por categoria: Cartum, Caricatura, Charge e Tiras/HQ. Também serão aceitas obras tridimensionais com teor humorístico.

Na 40ª edição, a organização também sugere o desenvolvimento de obras sobre futebol, que concorrerão ao prêmio temático de R$ 5 mil.

O salão conta ainda com o Prêmio Aquisitivo Câmara de Vereadores de Piracicaba (R$ 3.131,11), exclusivo para caricatura; o Grande Prêmio Salão de Humor de Piracicaba – Zélio de Ouro (R$ 10 mil), concedido ao melhor dentre os premiados; e o Prêmio Júri Popular Alceu Marozi Righetto (R$ 5 mil), criado em 2012.

Além do dinheiro, os autores premiados receberão os troféus criados por Zélio Alves Pinto.

O regulamento está disponível no site do evento.

Fonte: Universo HQ

Estilista da Givenchy assina figurino de Rihanna em nova turnê

Rihanna_Diamonds
figurino-givenchy-da-rihanna_620

O figurino Givenchy de Madonna durante a apresentação no SuperBowl foi um dos mais icônicos de 2012 – então não é nenhuma surpresa que Rihanna tenha escolhido a grife para criar parte do figurino para sua nova turnê, “Diamonds World Tour”, que estreou na sexta-feira, 8, em Buffalo, nos Estados Unidos.

Segundo o “Women’s Wear Daily”, Ricardo Tisci, estilista da marca, desenhou dois looks de alta costura sob medida para a cantora, incluindo uma capa de crepe de seda preto e uma parka com bordados dourados.
“Eu gostei de criar esses looks porque Rihanna representa tudo o que é novo e incrível hoje em dia. Ela é punk, talentosa e tem tudo o que todas as garotas querem ter. Ela é o rosto dessa geração”, contou ele, em entrevista à publicação de moda.

Confira um dos sucessos atuais da Cantora “Diamonds”, logo abaixo:

Fonte: EGO e Youtube

Marvel anunciou nova revista do Demolidor

Demolidor

A Marvel Comics anunciou uma nova revista do Demolidor. O primeiro volume será publicado em junho.

Daredevil – Dark Nights será uma antologia de oito edições e contará três histórias. O título suplementará a revista de Mark Waid e Chris Samnee.

O primeiro arco terá enredo e roteiros de Lee Weeks, que já trabalhou com o personagem no início da década de 1990. Ele é conhecido por sua passagem na revistas Gambit e nas minisséries Tarzan vs. Predator e Spider-Man – Death and Destiny.

Fonte: Universo HQ

Artista gráfico Wilton Bernardo e Museu Carlos Costa Pinto realizam oficina de Quadrinhos em Salvador

NOTICIAS_2a_oficinaHQ

A Ação Cultural Oficina HQ, coordenada por Wilton Bernardo, em parceria com o Museu Carlos Costa Pinto, abre inscrições para Oficina de Quadrinhos em Salvador-BA. A atividade acontece durante 10 encontros, aos sábados nas instalações do Museu.

Oficina de Quadrinhos
Serão abordadas as principais etapas de construção de uma narrativa gráfica como desenho, criação de personagem, roteiro e recursos narrativos, além do estímulo à produção autoral. No décimo ano da Ação Cultural Oficina HQ, o conteúdo da Oficina terá como novidade, a abordagem sobre direito autoral x prestação de serviço e a delicada tarefa do artista de “cobrar” um valor justo pelo seu trabalho.

Divididas em teoria e prática, as aulas terão ambientes diferentes. As práticas acontecerão em ambiente aberto; as teóricas, no auditório do Museu Carlos Costa Pinto, ministradas por Wilton Bernardo, a partir de 13 de abril.

As inscrições são realizadas pela Oficina HQ através do e-mail oficinahq@hotmail.com ou telefones (71) 3035-2133, (71) 8807-4331(Oi) e (71) 9305-9093 (Wilton Bernardo).

10 anos de atividades & Criação de estúdio
Desde 2003 a Oficina HQ promove e valoriza as artes gráficas em Salvador, através de eventos como oficinas, exposições e dialogando com diversas instituições e expressões artísticas como música e teatro.

Completando 10 anos de atividades em 2013, a Ação Cultural coordenada pelo artista gráfico Wilton Bernardo, celebra a data com mais uma novidade: o estúdio de artes gráficas no centro histórico da cidade.

“Após 10 anos estimulando a produção e profissionalização, vejo como um caminho natural, o estabelecimento de um espaço, o ESTÚDIO, a nova casa da Oficina HQ. Para o êxito dessa nova aposta, conto com toda a experiência que tive trabalhando como diretor de arte e ilustrador para agências de publicidade em Salvador” celebra Bernardo.

O idealizador da Oficina HQ traz no currículo além de passagem por agências, projetos autônomos como por exemplo livro infantil ilustrado para Carlinhos Brown(2012) e logomarca criada para a Farmácia da Universidade Federal da Bahia. Bernardo também trabalha na Rede Bahia desenvolvendo infográficos e ilustrações para o jornal CORREIO.

Museu Carlos Costa Pinto
Museu Carlos Costa Pinto
O Museu Carlos Costa Pinto, situado no tradicional corredor da Vitória, reúne no seu acervo de artes decorativas, dos séculos XVII ao início do XX, um verdadeiro testemunho dos valores artísticos e culturais da Bahia Colonial e Imperial. Voltado para uma permanente interação com a comunidade, o Museu, além da exposição do seu inestimável acervo, promove exposições temporárias, desenvolve intensa programação cultural e possui um atuante serviço educativo, realizando visitas orientadas e oficinas de arte para estudantes e grupos diversos.

RESUMO:
O que: Oficina de Quadrinhos (para adolescentes e adultos)
Quando: a partir de 13 de abril de 2013*
Local: Museu Carlos Costa Pinto, Corredor da Vitória, Salvador-BA
Horário: 15 às 17:30h, aos sábados
Investimento total: R$ 350 (valor total que pode ser dividido em até 3x)

Inscrições/ informações: (71) 3035-2133, (71)8807-4331(Oi), (71) 9305-9093 (TIM) Wilton Bernardo
Email: oficinahq@hotmail.com
site: http://www.oficinahq.com
* A turma será iniciada em 13 de abril ou quando fechar o número mínimo de inscrições.

CARTAZ-VIRTUAL1-QUADRINHOS-2013

::Ação Cultural Oficina HQ
www.oficinahq.com

Advogado da família Siegel ainda briga pelos direitos do Superman

marctoberoff
Apesar da Warner Bros. ter vencido a longa batalha judicial pelos direitos do Superman, tanto na ação movida pela família de Joe Shuster quanto pelos descendentes de Jerry Siegel, o advogado Marc Toberoff não desistiu do caso.

De acordo com o site The Holywwod Reporter, ele voltará a entrar com uma ação em nome da família de Siegel, argumentando que a Warner não honrou os termos do acordo feito em 2001, sobre o qual a decisão do juiz foi tomada para favorecer o estúdio.

“A DC falhou em cumprir o acordado, tornando inaceitáveis os novos e revisados termos como condição para que ele seja válido. Consequentemente, a família Siegel rescindiu o contrato e a DC abandonou o acordo”, afirma.

Parece que os juízes terão mais uma decisão para tomar, em breve.

Fonte: Universo HQ

50 ANOS DE ARTE NA BAHIA EXPOSTOS NA CAIXA CULTURAL SALVADOR

Matilde_Matos1

Mostra baseada em publicação da crítica de arte Matilde Matos expõe panorama da arte visual baiana entre os anos 1950 e 1990

A CAIXA Cultural Salvador apresenta, de 5 de março a 28 de abril, a exposição “50 Anos de Arte na Bahia”, baseada em publicação da crítica de arte Matilde Matos. A exposição, que abre às 19h para convidados e imprensa, é composta por mais de 60 obras de artistas baianos, apresentando um virtuoso panorama da arte visual na Bahia entre os anos 1950 e 1990. Com curadoria do editor e artista plástico Fernando Oberlaender, a mostra ocupará todos os pisos da CAIXA Cultural, para exibir as obras representativas desse patrimônio.

A exposição apresenta trabalhos de artistas como: Mário Cravo Jr., Carybé, Jenner Augusto, Calasans Neto, Floriano Teixeira, Edison da Luz, Bel Borba, Juarez Paraíso, César Romero, Justino Marinho, Vauluizo Bezerra e Ayrson Heráclito, entre outros. A CAIXA oferece visitação gratuita, de terça-feira a domingo, das 9h às 18h.

“50 Anos de Arte na Bahia” passa em revista cinco décadas e seis gerações produção nas artes visuais, a partir da introdução do Modernismo, com a chamada “Geração 45”. Seguindo uma linha de tempo, até chegar a pragmática arte dos anos 90, a exposição passa pelas gerações 1970 e 1980, que revelaram nomes como Sérgio Rabinovitz, Maria Adair, Márcia Magno e Ramiro Bernabó, e movimentos como o “Etsedron, o Avesso do Nordeste Brasileiro”, que inscreveu o nome das artes visuais baianas na Bienal de São Paulo, o mais importante evento de arte do país.

“Na verdade a exposição é uma grande e merecida homenagem a Matilde, por conta da sua importância para a arte da Bahia, e pelo seu carisma com os artistas”, registra Fernando Oberlaender. A ideia de reunir parte das obras, citadas nas 400 páginas do livro, surgiu desde o lançamento da publicação, em 2010, mas por falta de pauta nos museus, naquela época, acabou não acontecendo.

O artista plástico e crítico de arte César Romero, que assina o texto do catálogo, afirma que a exposição gera novas possibilidades para o produto artístico e estabelece pontes de contato entre a obra realizada e o público. “Educação é condição salvadora, revela à comunidade o sentido do saber, do conhecer e as possibilidades do uso destes instrumentos”, comenta.

Sobre Matilde Matos:
Nascida em Caicó (RN), no ano de 1927, seu primeiro contato com a arte moderna aconteceu durante algumas vistas às galerias de Nova Iorque, em 1952. Nessa mesma década, começou a visitar os ateliês de Mário Cravo Jr., Carybé e Jenner Augusto, e a comentar suas produções. Mas só em 1959, quando começou a escrever no Jornal da Bahia, passou a assinar como crítica de arte.

Matilde escreveu para a revista Southward Art, assinou colunas especializadas no Jornal da Bahia, Bahia Hoje e no programa Soterópolis, da TV Educativa. Na última década, publicou quatro livros: “Fernando Oberlaender – Pintura e Tradução Poética” (2001); “A Cidade e as Gentes” (2004); “50 Anos de Arte na Bahia” (2010) e “Água Reflexos na Arte da Bahia” (2012). Em sua trajetória, Matilde Matos participou de um dos mais importantes capítulos das artes visuais da Bahia, com a curadoria e transcrição literária do “Etsedron, o Avesso do Nordeste Brasileiro”, na Bienal de São Paulo, entre 1971 e 1977.

Por sua contribuição à arte, à critica e à cultura brasileira, Matilde foi homenageada, em 2006, pela Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) e, em 2008, recebeu a Comenda Maria Quitéria.

Serviço:
Exposição “50 Anos de Arte na Bahia”
Abertura para convidados e imprensa: 5 de março de 2013 (terça-feira), às 19h
Visitação: de 6 de março a 28 de abril de 2013 (de terça-feira a domingo), das 9h às 18h
Local: CAIXA Cultural Salvador
Endereço: Rua Carlos Gomes, 57
Informações, agendamento de visitas monitoradas e oficinas: (71) 3421-4200
Classificação indicativa: Livre para todos os públicos
Entrada franca

Fonte: Caixa Cultural