Oficinas de Quadrinhos e de Desenho têm inscrições abertas

Novas oficinas com inscrições abertas, iniciam em 9 de julho.

Ação Cultural Oficina HQ ocupa a Diretoria de Audiovisual da FUNCEB com atividades para crianças, adolescentes e adultos

Estão abertas inscrições para as novas atividades da Ação Cultural Oficina HQ, grupo de formação que atua há mais de sete anos em Salvador. Desta vez, são oferecidas vagas para a “Oficina de Quadrinhos”, destinada a adolescentes e adultos, e a “Oficina de Desenho e Criação de Personagem”, voltada para crianças de 7 a 12 anos. As aulas começam em 9 de julho e ocupam salas da Diretoria de Audiovisual (DIMAS) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), no subsolo da Biblioteca Pública dos Barris.

 Na “Oficina de Quadrinhos”, a proposta é analisar e exercitar as etapas de realização de uma História em Quadrinhos (HQ), como desenho, criação de personagem, análise de figurino, simbologia de cores, roteiro e story-board. As aulas, que se dividem entre teoria e prática, são aos sábados, das 9 às 12 horas, num total de oito encontros. O valor do curso é de R$ 315,00.

 Já a “Oficina de Desenho e Criação de Personagem” se propõe a abordar de forma lúdica alguns processos de criação e técnicas de desenho, com ênfase no desenvolvimento da percepção visual; o objetivo é colaborar com o desenvolvimento do olhar e da construção, fazendo as crianças perceberem seu potencial criativo. As aulas acontecem também aos sábados, das 14 às 16 horas, num total de oito encontros, sob consultoria pedagógica de Jaciara Castro. O investimento é de R$ 260,00.

 Com o apoio da FUNCEB/SecultBA através da DIMAS, 30% das vagas estão reservadas para bolsistas – crianças e jovens que tenham afinidade com as artes gráficas, mas que não possuam condições financeiras para investir em formação e qualificação. Para mais informações e inscrições, o atendimento é feito por telefone (71 8826-0501) ou e-mail (quadrinhos_ssa@hotmail.com). Há também um site disponível: www.oficinahq.com.

 Ação Cultural Oficina HQ já venceu edital da SecultBA – Em 2010, entre setembro e novembro, a Ação Cultural Oficina HQ comemorou sete anos de atividades contínuas com a realização do projeto “Oficina HQ Itinerante”, que promoveu oficinas gratuitas em quatro bairros de Salvador – Mata Escura, Engenho Velho da Federação, Plataforma e Pelourinho. A proposta era de atender comunidades populares, dando oportunidade de formação na técnica de HQ e promovendo a arte como uma opção de labor e renda. A “Oficina HQ Itinerante” foi contemplada pelo Edital de Apoio a Projetos de Formação e Qualificação Artístico-Cultural, lançado pela Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA) através de suas então unidades: Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), Fundação Pedro Calmon (FPC), Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) e Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB). O certame viabilizou a execução de 28 propostas arte-educativas nas áreas de artes visuais, audiovisual, dança, música, teatro, circo, patrimônio, livro e leitura, com investimento total superior a R$ 800 mil, mediante recursos provenientes do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

SERVIÇO:
Ciclo de Oficinas da Ação Cultural Oficina HQ
Inscrições abertas
Aulas: aos sábados, a partir de 9 de julho, num total de oito encontros
Onde: Diretoria de Audiovisual (DIMAS) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB)
Rua General Labatut, 27 – Barris (Subsolo da Biblioteca Pública do Estado da Bahia)
“Oficina de Quadrinhos”: 9 às 12 horas; valor total de R$ 315,00.
“Oficina de Desenho e Criação de Personagem”: 14 às 16 horas; valor total de R$ 260,00.
Pagamento em débito, boleto ou cartão de crédito, parcelado em até 18 vezes
Telefone: 71 8807-4331
E-mail: quadrinhos_ssa@hotmail.com
Site:
www.oficinahq.com

Os cartunistas Flávio Luiz (Áu, O Cabra), Luis Augusto (Fala Menino) e Wilton Bernardo (Oficina HQ) em livro digital grátis!


A Ação Cultural Oficina HQ em parceria com a GRIOTI (livraria exclusivamente digital) criou um livro digital para comemorar o dia nacional dos quadrinhos em 30 de janeiro deste ano. O livro estava disoponível no blog da livraria, ma a partir de hoje, qualquer um pode acessar a livraria e encontrá-lo nas prateleitas virtuais. A diferença é que o livro que reúne além de um artigo de Wilton Bernardo, entrevistas do Flávio Luiz (criador do “Aú, o capoeirista” e “O Cabra”), Luis Agusto (criadir do “Fala Menino”).

Arte de FLávio Luiz, criador dos sucessos "Áu, o capoeirista", "O Cabra", "Rota 66", entre muitos outros trabalhos excelentes.

O livro digita promocional “Artigo e Revistas da Oficina HQ” pode ser lido por diversos suportes (iPad, iPod, iPhone, notebook, eBook Reader e PC), bem como todo o acervo da livraria.

Luis Augusto, criador do Fala Menino, mestre na sesibilidade dos temas infantís, com diversas publicações no mercado.

Essa parceria promete e já se conversa possibilidades de lançamentos para serem comercializados ainda em 2001. Já existe um projeto que logo se tornará público e diversos artistas e roteiristas poderão se inscrever.

A comercialização de livros digitais pela GRIOTI já é uma realidade. A livraria já possui conteúdo em diversas categorias, e com certeza a parceria com a Oficina HQ vai gerar muitos trabalhos gráficos!

Oficina de Quadrinhos no Engenho Velho da Federação, um dos bairros populares da cidade de Salvador que em 2010, através do projeto Oficina HQ Itinerante apoiado pelo Fundo de Cultura da Bahia, recebeu gratuitamente equipe da Oficina HQ (Talyta Almeida, produtora; Lucas Pimenta, oficineiro; Wilton Bernardo, coordenador)

Se você é cartunista ou roteirista, prepare logo algo pra mostrar, pois oportunidades surgirão ainda neste primeiro semestre!

Baixar o livro gratuíto

:: Oficina HQ
www.oficinahq.com

Mundo dos Super-Heróis chega ao iPad


Ok, o brinquedinho da Apple ainda parece um sonho de consumo distante, mas quem sabe não acontece algo parecido com os aparelhos de DVD e, em pouco tempo, torne-se mais acessível?

Se depender das editoras, é o que vai acontecer. As principais produtoras de quadrinhos lá fora – DC, Marvel, IDW – já têm aplicativos e conteúdos desenvolvidos para iPad. Por que não no Brasil?

Enquanto a Panini não se mexe, pelo menos a Ed. Europa está fazendo sua parte para agradar aos fãs de quadrinhos. A revista Mundo dos Super-Heróis acaba de chegar ao iPad.

Cada edição digital – da número 8 até a atual, 24 – vai custar US$ 0,99 na loja virtual da Apple. Dá para ler a revista também em iPhone e iPod. A Europa disponibilizou inclusive um sistema de assinatura semestral ou anual, mais em conta.

Uma vantagem para os leitores digitais é que a versão para iPad será liberada antes de a impressa chegar nas bancas.

E para quem acha que a leitura no iPad é desconfortável, aviso que é melhor rever seus conceitos. Ninguém está dizendo que o papel irá acabar, mas posso garantir que o aparelho da Apple elimina todos os incômodos da leitura na frente do computador, por exemplo.

Fonte: www.papodequadrinho.com

Revista Mundo dos Super-Heróis – Edição 25

Edição No. 25

A revista Mundo dos Super-Heróis 25 traz um dossiê sobre Jack Kirby, o artista que mudou o rumo dos quadrinhos. Ao todo são 27 páginas abordando os seguintes temas:

– O início da carreira nos anos 1930
– A criação do Capitão América e o auge dos super-heróis nos anos 1940
– Trabalho em outros gêneros de HQ na década de 1950
– O surgimento da Marvel nos anos 1960 e a revolução nos quadrinhos
– A mudança para a DC nos anos 1970
– Os projetos de animação nos anos 1980
– Volta aos quadrinhos nos anos 1990
– Seleção de HQs imperdíveis de Kirby

Outras reportagens da edição 25

Editora: Universo Bonelli (10 páginas)
Tex, Zagor, Ken Parker… Os quadrinhos publicados pela editora italiana Bonelli chegaram ao Brasil há mais de cinco décadas e conquistaram as bancas. Conheça 15 de seus principais títulos

Supergrupo (8 páginas)
A Sociedade da Justiça foi o primeiro supergrupo de heróis e continua na ativa até hoje

Herói clássico (6 páginas)
Besouro Verde e Kato, dois heróis que surgiram no rádio, passaram pelos quadrinhos, pela TV e agora vão estrear no cinema

Heróis BR: Mozart Couto (5 páginas)
Um dos mais experientes desenhistas brasileiros, com HQs já publicadas na Europa e nos Estados Unidos

Grandes revistas: Kripta (4 páginas)
Depois do lançamento dessa revista, os quadrinhos de terror no Brasil nunca mais foram os mesmos

Procurado: Doutor Octopus (4 páginas)
A história de um dos maiores inimigos do Homem-Aranha

Disponibilidade de estoque: Imediata
Por: R$ 14,90

Fonte: www.europanet.com.br