TVE Bahia: Programa sobre cultura GEEK

Lua fazendo cosplay de Malévola ao lado do grafiteiro Diogo Galvão

Lua fazendo cosplay de Malévola ao lado do grafiteiro Diogo Galvão

O programa que vai ao ar dia 27 de novembro, às 21h na TVE (Bahia) foi uma grande homenagem a cultura GEEK! Quadrinhos, games, cosplay, banda cover, fã club! Foi Massa!
Segue fotos abaixo.

img-20161101-wa0044
GAMES, BANDA COVER
Há um núcleo na UNEB, Universidade do Estado da Bahia, que trabalha com desenvolvimento de games educativos. Um dos profissionais envolvidos é o artista, amigo das antigas, Danilo Dias. A banda cover dos Beatles foi responsável pela trilha sonora do programa. Aliás, trilha sonora de responsa! Muitas pessoas fazendo cosplay, inclusive minha amiga Lua de “Malévola”.

20161101_164214
STAR WARS, GRAFITE
O fã clube de STAR WARS da Bahia marcou presença, o grafiteiro Diogo Galvão que teve seu trabalho decorando o programa falou muito sobre o trabalho que vem desenvolvendo mundo a fora.

img-20161031-wa0052
OFICINA de QUADRINHOS, LIVRO com CARLINHOS BROWN e DONA DEDÉ
Eu, Wilton Bernardo, idealizador do projeto Oficina HQ fui convidado para falar do primeiro livro infantil do cantor Carlinhos Brown que eu ilustrei, de um personagem meu que aborda questões atuais como machismo, feminismo, preconceito – Dona Dedé que tem uma página no facebook mais curtida que a minha (rsrsrs) e das oficinas de Quadrinhos que tenho realizado em Salvador. Inclusive, a próxima será realizada na Faculdade Ruy Barbosa como curso de extensão, a partir do dia 12 de novembro.

# Wilton Bernardo
Designer gráfico e artista visual
Gestor do curso de Quadrinhos Oficina HQ e da marca Laço Afro
http://www.wiltonbernardo.com | wiltonbernardo@hotmail.com

banner-hq-ruy-barbosa-12-11-16

Anúncios

Games clássicos orientam alunos sobre dengue

Releituras de Mario Bros e Street Fighter orientam alunos sobre a doença.
Franca tem 52 infectados e se destaca no interior de SP, que vive epidemia.

agentebros
Um dos jogos é baseado no clássico jogo Super Mário Bros (Foto: Cléber da Silva Benedito/ Arquivo Pessoal)

O famoso encanador italiano Mário Bros está de volta às telas dos games, desta vez para uma missão bastante conhecida pelos brasileiros: combater a dengue. Percorrendo cinco fases que incluem destruir os criadoros do mosquito Aedes Aegypit, identificar os sintomas da doença e evitar a dengue hemorrágica, Mário enfrentará muitos recipientes com água parada para exterminar a epidemia.
Esse também é o objetivo da Prefeitura de Franca (SP), que desenvolveu o software e está utilizando nas aulas de informática das escolas públicas da cidade. Somada a outras medidas de prevenção, a iniciativa já apresenta resultados positivos: até esta sexta-feira (12), o município registrou 52 casos confirmados de dengue, número considerado pequeno, levando em consideração que cidades vizinhas, como Ribeirão Preto (SP) e Barretos (SP), têm 3,4 mil e 2,9 mil pessoas infectadas, respectivamente.

Batizado de “Agente Bros”, o jogo não é o único criado para conscientizar as crianças sobre os perigos da dengue. O diretor da Vigilância Epidemiológica, José Conrado Neto, diz que outros dois aplicativos são ainda mais disputados pelos estudantes. Em “Street Dengue” – que relembra a versão de “Street Fighter” da década de 1990 -, o avatar do jogador luta contra o Aedes aegypit, já no “Pac Dengue” é preciso percorrer o labirinto “comendo” as larvas e fugindo do mosquito.
“Crianças e adolescentes sempre vão gostar de games. Por isso, pensamos em criar algo atrativo para despertar o interesse dos jovens para o tema. O objetivo é fazer com que os alunos sejam agentes multiplicadores da informação”, explica Conrado Neto.
Durante as aulas, os estudantes também recebem orientações dos agentes sobre como evitar os criadouros do mosquito e como proceder ao identificar os primeiros sintomas da doença. “Precisamos inovar para que os menores tenham interesse em ajudar e a aceitação nas escolas está sendo muito grande”, afirma o diretor da Vigilância.

streetdengue2
Alunos podem aprender jogando o ‘Street Dengue’
(Foto: Cléber da Silva Benedito/ Arquivo Pessoal)

Outras ações
Conrado Neto explica que, além dos jogos virtuais, a Vigilância investe em outras ações para chamar a atenção das crianças para o tema. Segundo o diretor, os filhos têm muita influência sobre as decisões dos pais.
“Já fizemos uma cidade virtual para que o avatar do aluno identificasse e eliminasse os criadouros, fizemos gibis com histórias em quadrinho. Estamos sempre presentes nas escolas porque formando a criança, teremos um adulto consciente.”
Mas as iniciativas não são voltadas apenas para o público infantil. Em 2012, quando apenas três casos positivos de dengue foram registrados em Franca, os moradores cadastrados previamente pela Vigilância Epidemiológica participavam da promoção “Visita Premiada”.

Fonte: G1

Publicidade:

banner_oficina_hq_abril_2013

Neill Blomkamp ainda se interessa pelo filme da série Halo

halo_4_cortana_background_by_crowlad-d52fobn

Neil Blomkamp, diretor de “Distrito 9″ e do ainda inédito “Elysium“, continua interessado em fazer um filme do jogo Halo, mas apenas o faria se lhe fosse dado controle total do projeto. No entanto, entende-se que a Microsoft esteja sendo protetora em relação a Halo.

Blomkamp assinou, há cinco anos atrás, para fazer o filme juntamente com o Peter Jackson, mas o projeto desabou assim que a Microsoft ficou com os direitos do filme. Mas, apesar da ideia complexa de trabalhar num projeto como o Halo, Blomkamp continua aberto para o produzir.

“Eu continuo a amar o mundo, o universo e a mitologia do Halo“, disse ele ao IGN, “Se me fosse dado controle, eu adoraria fazer esse filme.”

E vocês, gostariam de ver a série da Microsoft virar filme, e se sim, concordam com a direção de Blomkamp?

22828_halo_halo_4

Fonte: games brasil

Publicidade:
banner_oficina_hq_abril_2013

Com gráficos tridimensionais, “FarmVille 2” vem aí

Se você perdeu horas da sua vida jogando “Farmville” no Facebook, prepare-se: a sequência para o jogo de criar fazendas vem aí, e com direito a gráficos tridimensionais.

A Zynga, no entanto, já avisou: não será possível transferir itens do “Farmville” original para a nova versão – um “incentivo” para comprar itens virtuais, naturalmente.

Curiosamente, ao menos no Brasil “Farmville 2” terá um concorrente forte: trata-se de “Turma do Chico Bento, que está sendo desenvolvido pela Level Up! Games e, como o próprio nome sugere, terá como protagonista um dos personagens mais adorados de Mauricio de Souza.

“Farmville 2” é a principal aposta para colocar a Zynga de volta no prumo,  uma vez que as ações da empresa flutuam desde abril em função do receio em torno da queda de popularidade dos títulos da companhia.

Para alguns analistas do mercado, o temor em torno da Zynga estaria no fato de que muitos usuários estão acessando o Facebook por dispositivos móveis, como telefones celulares e tablets. Embora haja versões simplificadas de alguns games para estas plataformas, estas não conseguiram engrenar.

De acordo com o Appdata, “Farmville” teve pico de 82 milhões de usuários ativos em março de 2012 e, nos três primeiros meses do ano, representou 29% da receita da Zynga. Atualmente, 21,7 milhões de pessoas cuidam de fazendas no Facebook.

A Zynga não divulgou a data de lançamento de “Farmville 2”, entretanto a página para fãs do game já disponível no Facebook.

O “The Sims” da Zynga

A empresa também anunciou “The Ville”, que lembra bastante “The Sims Online”, versão para Facebook do simulador de gente da Electronic Arts.

À primeira vista “The Ville” parece mais complexo que o concorrente, permitindo promover festas com seus amigos e até cozinhar uma torta para eles. Também é possível customizar a aparência do seu personagem e construir a sua própria residência.

“The Ville” será lançado nesta quarta-feira (27) no Facebook.

Vila dos cozinheiros

Ampliando a lista de vilarejos da Zynga “ChefVille” é outra novidade que foi apresentada. O objetivo do game é criar e gerenciar um restaurante e criar uma cozinha dos sonhos.

O jogo permite que os jogadores criem todo o design da cozinha, encontrem novos ingredientes, reúnam amigos e compartilhem receitas. Após a inauguração os críticos vão aparecer para dar notas ao novo estabeleciomento.

São diversos tipos de cozinha à disposição, desde os sushis da japonesa até as massas italianas e para aprender estas receitas os jogadores terão que preencher pré-requisitos como comprar os instrumentos para suas respectivas especialidades.

Os amigos podem visitar restaurantes de conhecidos para conseguir amostras de pratos e ingredientes. Como recompensa por cada nível alcançado, a Zynga ainda promete receitas para o e-mail dos jogadores.

Não foi revelada data de lançamento para “ChefVille”, mas a Zynga diz que o game chegará em breve.
Fonte: UOL Jogos

7º Animaserra – Festival Nacional de Cinema de animação, Quadrinhos e Games da Serra Carioca

7º Animaserra – Festival Nacional de Cinema de animação, Quadrinhos e Games da Serra Carioca é um festival gratuito e sem fins lucrativos com palestras eworkshops de HQ e animação com importantes profissionais da área.

Em 2012, o evento fechou uma parceria voluntária com a DC Entertainment. O festival divulgará a campanha solidária We Can Be Heroes estrelada pelos personagens fictícios dos quadrinhos da Liga da Justiça em apoio aos povos de países da África: Etiópia, Somália e Quênia.

O evento está com inscrições abertas para o concurso de animações e quadrinhos nas seguintes categorias: Curta de animação 2D, Curta de animação 3D, Curta de animação Stop-Motion, Curta de animação Técnica Mista, Tira de Quadrinhos e História em Quadrinhos.

Confira o regulamento e as premiações no site do evento.
Fonte: Universo HQ