Dona Dedé – Humor com tempero baiano no Facebook

Dona-Dedé-Ponto-G
Não é de hoje que o humor tomou conta do Facebook. São muitas postagens diárias com todo tipo de conteúdo sendo compartilhado, e nesse meio, há uma infinidade de humor distribuído de todas as formas atendendo todo tipo de gostos.

Além das postagens, uma série de perfís fictícios dão o tom de humor e atualidade, fazendo um diálogo entre o piadas e o dia-a-dia.

Em meio a esse contexto, foi lançada por Wilton Bernardo no dia 13/7/14 a página de Dona Dedé, uma baiano de 50 anos que começou a sentir necessidades que vão além de ver a casa arrumada, os filhos de banho tomado e preparar a comida e roupas do esposo.

Dona-Dedé-Ponto-G

Dona Dedé é, antes de tudo, despretensão, leveza, e obviamente humor. É também uma forma muito leve e divertida de vermos os nossos problemas, principalmente relacionados a gênero, convívio, preconceito e entre os diversos “ismos” da sociedade, o machismo.

Para conhecer e ver a possibilidade de curtir, basta dar um clique na imagem abaixo

Dona-Dedé-perfil

Dona Dedé foi criada por Wilton Bernardo, artista plástico e designer gráfico que coordena a Ação Cultural Oficina HQ )

:: Ação Cultural Oficina HQ

3º Festival Internacional de Humor do Rio de Janeiro

Exposições, concursos e oficinas mostrarão o melhor do humor gráfico nacional e internacional

 De 10 de agosto a 25 de setembro, charges, cartuns e caricaturas vão tornar a cidade mais alegre. O 3º Festival Internacional de Humor do Rio de Janeiro levará ao Museu Nacional de Belas Artes três exposições e realizará o Concurso Nacional de Desenho de Humor, além de promover oficinas de desenho, comandadas pelo cartunista Amorim. Dirigido por Eliana Caruso e com curadoria de Ângela Porto, o festival chega à sua terceira edição com patrocínio da Oi, Petrobras, Governo do Estado do Rio de Janeiro, apoio da TAP e apoio cultural do Oi Futuro.

 Esta edição estará totalmente voltada ao desenho de humor. A organização do evento vai dar exclusividade ao humor gráfico, que sempre foi o carro-chefe do Festival. “Apesar de o Rio de Janeiro ser o celeiro de grandes desenhistas do gênero, o Festival é o único evento na cidade que mostra o trabalho atual deles e também traça a evolução do desenho de humor no Brasil, por meio de seus principais expoentes”, afirma Eliana Caruso. É uma oportunidade para o público conhecer de perto o trabalho do artista.

 A exposição World Press Cartoon Premios 2011, vinda de Portugal, traz os 27 premiados e menções honrosas do Concurso Internacional Press Cartoon 2011. É a primeira vez que o material original do evento vem ao Brasil. O cartunista português Antonio Antunes é o diretor do World Press Cartoon, principal evento na área de humor que ocorre na Europa

 Já a exposição Traçando o Brasil: três séculos de desenho de humor vai contar um pouco da história do humor gráfico com a ajuda de desenhos já publicados durante os séculos XIX, XX e XXI. Considerada a primeira caricatura publicada no Brasil, “A campainha e o cujo”, de Araújo Porto Alegre, estará entre as obras expostas. Até um desenho de Di Cavalcanti poderá ser visto pelo público.

 Coordenado pelo cartunista Amorim, o Prêmio Nacional de Desenho de Humor 2011, que vai escolher o melhor desenho de cartun, charge e caricatura. Um júri composto por Amorim, Chico Caruso, Jaguar, Nanni e Hippert será encarregado de selecionar as dez melhores obras em cada modalidade entre as quase 600 inscritas. Elas ficarão expostas durante o evento, na exposição Prêmio Desenho de Humor. O vencedor de cada categoria ganha um prêmio de $ 6 mil.

 Amorim também estará à frente das Oficinas de Desenho, que acontecerão todas as sextas-feiras, ao longo do evento, para turmas entre 10 e 15 anos e outra a partir de 16. As aulas, com três horas de duração, serão dividas em três fases: conceituação do humor gráfico, realização de cartum, charge e tira e, por último, a avaliação do trabalho. Quem quiser participar não precisa ter qualquer conhecimento sobre o tema, apenas curiosidade em aprender. Para se inscrever no curso, basta ligar para o Museu Nacional de Belas Artes, pelo telefone 2219-8474 (ramal 23), e se cadastrar. Escolas que queiram levar seus alunos para participar do projeto, também podem entrar em contato.

 SERVIÇO:
3º Festival Internacional de Humor do Rio de Janeiro
Data: 10 de agosto a 25 de setembro
Ingressos: R$ 5,00 e meia: R$ 2,00. Grátis aos domingos.
Local: Museu Nacional de Belas Artes (MNBA)
Endereço: Avenida Rio Branco, 46 – Centro.
Telefone: 2233-1209
Funcionamento: Terça a sexta-feira, das 10h às 18h;
Sábados, domingos e feriados, das 12h às 17h.
Classificação etária: Livre
www.festivalinternacionaldehumor.net

ASSESSORIA DE IMPRENSA:
RPM Comunicação
www.rpmcom.com.br
Érica Avelar – erica@rpmcom.com.br – (21) 3478-7437 / 8272-2337
Renata van Boekel – renata@rpmcom.com.br – (21) 3478-7406 / 8018-9977
Mariana Machado – marianamachado@rpmcom.com.br – (21) 3478-7410 / 8127-6356