Personagem de Quadrinhos x Possibilidade de sucesso

A Liga da Justiça


Faltando alguns dias para iniciar uma nova turma da Oficina de Quadrinhos – 22 de julho começa a nova Oficina de Quadrinhos no ateliê da Faculdade Ruy Barbosa, Salvador-BA -, decidi escrever este artigo, para dar uma “palhinha” do que discutiremos em sala, além das etapas de construção de uma história em Quadrinhos. Espero que seja proveitoso para você:

Possibilidade de sucesso
Quem não sonha em ver sua criação artística fazer sucesso? O fato é que já houve um tempo em que não se poderia imaginar as dimensões grandiosas de sucesso que um personagem de quadrinhos poderia alcançar. Imaginar que um personagem de tirinhas ou revistas em quadrinhos ganhariam sucessos arrebatadores em adaptações para games, virar garoto propaganda de campanhas publicitárias de grandes marcas e poder ganhar a indústria cinematográfica.
Apesar de não ser uma regra, o grande sucesso pode sim “abraçar” seu personagem. Antes de terminar este artigo, te pergunto: você está seguro sobre ter as rédeas do seu personagem? Entenda “rédeas” como noção de seus direitos autorais!


Histórias inusitadas de sucesso
Em 1962 uma agência de publicidade solicitou a um desenhista que ele criasse uma personagem para estrelar uma campanha publicitária. O nome da personagem deveria ter a sílaba “Ma” porque o patrocinador era Mansfiel. A campanha acabou não acontecendo, mas um diretor da agência ao assumir outro trabalho na imprensa, lembrou e solicitou a utilização da personagem que teve grande sucesso. Assim iniciou a história de sucesso da Mafalda, criação do Joaquín Salvador Lavado, o Quino.
No início da década de 1930 dois estudantes apaixonados por ficção científica se conhecem e no ano seguinte criam um personagem. Em meio a muitas revisões e mudanças de características desse personagem, batem em muitas portas e recebem muito “NÃO” antes da oportunidade que transformaria aquela criação numa das mais icônicas e rentáveis personagens do universo dos Quadrinhos – Superman! Jerry Siegel e Joe Shuster, os criadores do homem de aço jamais imaginavam o sucesso que este personagem alcançaria. Com certeza experimentaram a grande felicidade de ver sua cria ganhar o mundo, mas tiveram sérios problemas com direitos autorais por fazerem acordo que parecia realmente ser bom para eles. Mas isso, se o personagem não tivesse crescido tanto e se tornado o grande sucesso que é até hoje.

Direito autoral e falta de informação
Este é um assunto que gera muita discussão e falácia porque a grande parte das pessoas não conhecem as leis que defendem os direitos autorais, e por isso, acabam fazendo as vítimas se sentirem culpadas por conta dos desrespeitos aos seus direitos, causados por outros. EM situações assim os autores podem ser desencorajadas a lutar pelos seus direitos. Para perceber esse risco basta lembrar do que uma pessoa sempre pergunta ao saber que por exemplo, alguém utilizou seu personagem ou arte sem sua devida autorização: “e você registrou o personagem”?
Querendo ou não, ao lançar essa pergunta, o interlocutor praticamente está dizendo ao artista que teve seus direitos desrespeitados: “já que você não registrou sua criação, não reclame!”.
Mas este interlocutor está enganado e se baseia em “achismo”.

Entenda os seus direitos
A lei de direito autoral (9.610/98) protege qualquer criação do intelecto humano que não se caracteriza como elemento da propriedade industrial .
Os direitos autorais se dividem em direitos morais e direitos patrimoniais.
a) Direitos morais: Quanto a estes, são direitos perpétuos, inalienáveis e irrenunciáveis. Não se pode abrir mão nem vendê-los! E mesmo que o faça, não surtirá nenhum tipo de efeito juridicamente válido.
Duas das cláusulas referentes aos direitos morais defende que:
I – o direito de reivindicar, a qualquer tempo, a autoria da obra
II – O direito de ter seu nome, pseudônimo ou sinal convencional indicado ou anunciado, como sendo o do autor, na utilização de sua obra;
Há muitos outros itens e é importante se saber.

b) Direitos patrimoniais: Estes regulam a exploração econômica da obra. Já estes direitos pode ser vendidos, negociados, como o autor desejar. Cuidado!Pense duas vezes antes de fazer uma cessão de direitos sem prazo de validade no que diz respeito a exploração comercial. Hoje seu personagem pode ser anônimo e não render absolutamente nada, mas amanhã, ninguém sabe onde ele pode chegar!
E saiba que entre os itens que regem os direitos patrimoniais, é assegurado:
I – Dispensa de registro. Isso mesmo. De acordo com o artigo 18, para que o autor possa usufruir da proteção legal, basta que comprove , por qualquer meio, a sua autoria. O registro da obra não é fator que defini se o autor tem direito ou não, mesmo porque se este pode provar que sua autoria tem data que antecede ao registro,deixa de ter validade.

II – Temporariedade da obra: Segundo o artigo 41, o direito de explorar comercialmente sua obra em caráter exclusivo, dura por toda a vida do autor e mais 70 anos após a sua morte

Há muito mais a saber sobre os direitos autorais, portanto, se você é autor de alguma obra, procure ler sobre seus direitos. Só assim, poderá entender e cobrar justiça, se algum dia, precisar.

# Wilton Bernardo
Designer gráfico e artista visual; Professor do Curso de Quadrinhos Oficina HQ; designer idealizador da marca Laço Afro
http://www.wiltonbernardo.com | wiltonbernardo@hotmail.com

Anúncios

Oficina de Quadrinhos em Salvador

oficina-de-quadrinhos_1
oficina-de-quadrinhos_2
Iniciou no último sábado (10/9/16) mais uma Oficina de Quadrinhos da Ação Cultural Oficina HQ, coordenada por Wilton Bernardo. Festa vez, sediada pelo Estúdio FotoeDesign, com um espaço super agradável para os alunos produzirem.
A oficina de Quadrinhos chega a seu 13º ano, com mais conteúdo, com um plano de aula atualizado, com a proposta de contemplar assuntos diversos do campo das artes gráficas, inclusive um que diz respeito a várias expressões, e que se fala tão pouco.
“Precisamos falar mais sobre direito autoral. Não podemos deixar esse assunto apenas nas mãos de advogados. É importante que os produtores de conteúdo, os autores entendam mais sobre seus direitos e compartilhe desse conhecimentos com outros” pontua Wilton Bernardo, coordenador e professor que idealizou a Oficina HQ em 2003.

Na Oficina HQ, além das etapas de construção de uma história em Quadrinhos, os alunos terão noções básicas de questões ligadas a direito autoral, e serão incentivados a explorarem suas ideias, seus traços, sua própria identidade e tirar partido disso.

# Wilton Bernardo
Designer gráfico e artista visual
Gestor do curso de Quadrinhos Oficina HQ e da marca Laço Afro
http://www.wiltonbernardo.com | wiltonbernardo@hotmail.com

Sonia Braga: ‘Aquarius’ e ‘Boi Neon’ são premiados no Festival de Cinema de Lima

Sonia_Braga

Protagonista de Aquarius, o festejado filme de Kleber Mendonça Filho, Sonia Braga foi escolhida na noite de domingo, 14, como a melhor atriz do 20º Festival de Cinema de Lima. “Que honra ser premiada na América Latina”, disse a atriz em seu perfil do Facebook.
Aquarius também saiu vencedor na noite de domingo. Ele ganhou o Prêmio Especial do Júri, que é encabeçado por Ciro Guerra. O longa narra a resistência de Clara (Sonia Braga) diante da tentativa de uma incorporadora comprar seu apartamento para derrubar o velho prédio e construir um espigão na praia de Boa Viagem, no Recife.
O melhor filme do festival foi o colombiano Oscuro Animal.
Outro longa brasileiro foi premiado no Peru. Boi Neon ganhou como a melhor fotografia.

Fonte: Site atarde.uol.com.br

banner-virtual-Desenho

Marcelo Campos lança Talvez Isso

talvez_isso_Marcelo_campos

Marcelo Campos foi um dos primeiros quadrinhistas brasileiros a desenhar os super-heróis de grandes editoras como Marvel e DC Comics, em meados da década de 1980.
Mas ele também fez sua jornada por um universo mais filosófico e introspectivo nas tiras da série Talvez Isso, que chegou a ser lançada em um álbum (formato 10 x 21, 144 páginas) da editora Casa 21, em 2007. Estão ali somadas as experiências marcantes vividas pelo próprio autor em determinadas fases de sua vida.
Agora, o material ganha uma republicação pela editora SESI-SP, num novo formato (21 x 29,5 cm, 92 páginas, R$ 32,00), e terá evento de lançamento e exposição no dia 20 de agosto, na Quanta Academia de Artes (Rua Dr. José de Queirós Aranha, 246 – Vila Mariana), em São Paulo/SP, a partir das 17 horas.

Fonte: site Universo HQ

banner-virtual-HQ

O que você sabe sobre Direito Autoral?

Eu estava lembrando que tive um problema de desrespeito a meus direitos autorais e acabei comentando com algumas pessoas sobre o caso envolvendo uma ilustração minha e uma empresa que se apropriou de minha ilustração e começou a explorar economicamente uma produção a partir do meu desenho, sem me consultar. 
Sabe o que 99% das pessoas sempre me perguntava logo que eu contava sobre o caso?
Elas perguntavam: “E VOCÊ REGISTOU SEU DESENHO?”
Elas definitivamente nunca assistiram esse vídeo do Ricardo Luiz Marques. E você?

# Wilton Bernardo
Designer gráfico e artista visual
Gestor do curso de Quadrinhos Oficina HQ e da marca Laço Afro
http://www.wiltonbernardo.com | wiltonbernardo@hotmail.com

banner-virtual-HQ

Em Salvador: Oficinas de Quadrinhos e de Desenho

Panfleto-online-Oficina-HQ

Após uma pausa de 3 anos com as oficinas e uma série de realizações em torno das artes gráficas – prêmio internacional com ilustração “Best of Newspaper Design”, capacitações com profissionais que trabalham para DC Comics e Marvel, criação de personagem com Carlinhos Brown e ilustração do primeiro livro infantil do cantor além de produzir uma série de ilustrações para sua marca Laço Afro e desenvolver um trabalho muito especial para as Obras Sociais Irmã Dulce, o artista gráfico Wilton Bernardo abre inscrições para novas Oficinas com 2 parceiros: O Museu Carlos Costa Pinto sediará a Oficina de Desenho para crianças de 8 a 12 anos e o Estúdio FotoeDesign, a Oficina de Quadrinhos. 
As duas oficinas iniciam em 3 de setembro, e acontecerão durante 8 sábados.

a) A Oficina de Desenho para garotada entre 8 e 12 anos no Museu Carlos Costa Pinto acontecerá das 15 às 17h. A proposta é abordar de forma prática e lúdica, técnicas de desenho e criação de personagem com o objetivo de colaborar com o desenvolvimento e construção do desenho, planejamento e a percepção visual dos alunos. 

PANFLETO-DESENHO-online
b) A Oficina de Quadrinhos para estudantes a partir de 14 anos, e profissionais de diversas áreas interessados em aprender sobre construção de uma HQ será aplicada entre teoria e atividades práticas. As aulas abordarão etapas fundamentais como criação de personagem, storyline, roteiro, recursos narrativos, simbologia das cores além de desenho. Assuntos como direito autoral e mercado também serão abordados.

Isadora Sabar e Wilson Junior também são professores que compõem o quadro do Projeto Oficina HQ – todos graduados em artes pela UFBA. 

Serviço:

1) Oficina de Desenho (8 a 12 anos)
Local: Museu Carlos Costa Pinto, Corredor da Vitória, Salvador-BA 
Horário: 15 às 17h
Dias: 3,17,25/set; 1,15,29/out; 5 e 19/nov (sábados)
Investimento: R$ 2x R$ 200

2) Oficina de Quadrinhos (para adolescentes e adultos)
Local: Estúdio FotoeDesign – Rua Waldemoar Falcão, 586, Horto Florestal de Brotas, Salvador-BA
Horário: 9 às 11h, aos sábados
Período: 3/set a 22/out (aos sábados)
Investimento: 2 x R$ 210

Informações e inscrições: Wilton Bernardo (71) 99305-9093(tim/whatsapp), oficinahq@hotmail.com (e-mail)
Site: www.wiltonbernardo.com 

Obs: A Oficina oferece apostilas e material necessário

DC lançará quadrinho com Superman ciborgue em “New 52”

super-homem-Ciborgue

A primeira imagem do vilão ciborgue de Super-Homem foi publicada pelo editor-chefe da DC Comics, Bob Harras, nesta sexta (26). Desenhada pelo ilustrador Kenneth Rocafort, conhecido por outros clássicos do herói, o rascunho faz parte de “The New 52”, série que republica quadrinhos lançados pela editora nos últimos 70 anos, incluindo títulos da Action e Detective Comics.

“Alguns de vocês podem se lembrar da última vez que um Superman Cyborg apareceu. Será que ousamos em rever um enredo clássico?”, comentou Harras. “Desculpe ‘pirar a cabeça’ de vocês numa sexta, mas estamos desfrutando esses encantadores esboços nesse momento. Estaremos na sala de conferências discutindo… Ah, não importa”, brincou Harras com os fãs da série.

Alterego de Henry “Hank” Henshaw e ex-astronauta que usou tecnologia e o DNA de Krypton para se tornar metade humano e metade máquina usando como base o corpo do herói, o Superciborgue apareceu pela primeira vez em quadrinho no início da década de 90 criado por Dan Jurgens.
esboco-de-super-homem-Ciborgue

Fonte: UOL

iPad Mini recebe autorização para ser fabricado e vendido no Brasil

iPad-mini-1
O novo iPad mini ao lado do modelo tamanho padrão no evento da Apple em San Jose, Califórnia; a empresa anunciou o iPad mini, tablet com tela de 7,9 polegadas, por US$ 329

A fabricante da Apple no Brasil recebeu aval da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) para produzir e comercializar os iPads Mini feitos na planta de Jundiaí, São Paulo.

A autorização da agência foi emitida na última sexta-feira (5).

De acordo com a agência reguladora, qualquer novo equipamento de telecomunicação precisa passar por uma série de testes antes de receber homologação.

Nesse trâmite, os aparelhos passam por um processo de certificação para verificar, por exemplo, se o aparelho obedece a regulamentação do país para emissão de radiação, interferência, proteção acústica e elétrica.
iPad-mini-2
A venda de iPads Mini no Brasil já havia sido autorizada desde novembro do ano passado, mas a agência limitava essa permissão aos aparelhos produzidos na unidade da Foxconn em Shenzhen, na China.

Agora, a produção nacional também entrou na lista de fabricantes autorizados pela reguladora.

SEM PREVISÃO

Por enquanto, o iPad Mini ainda não chegou às lojas brasileiras. De acordo com a assessoria de imprensa da empresa, não há previsão quando serão iniciadas as vendas nem qual será o valor do dispositivo.

Em nota, a Apple diz que ‘infelizmente não tem qualquer informação’ para explicar por qual motivo o iPad Mini ainda não chegou ao Brasil.

Nos Estados Unidos, o tablet é vendido a partir de US$ 329 (cerca de R$ 650).

Fonte: UOL

Publicidade:
banner_oficina_hq_abril_2013

OFICINA DE DESENHO NA BIBLIOTECA MONTEIRO LOBATO

A Biblioteca Monteiro Lobato está fazendo aniversário neste mês de abril. Entre as diversas atividades que acontece durante o mês, acontecerá no dia 10 (quarta-feira, às 10h) a oficina de desenho com o artista visual Wilton Bernardo (o responsável pela Ação Cultural Oficina HQ).
“É uma grande honra estar participando de mais um aniversário deste centro de cultura vivo que é a Biblioteca Monteiro Lobato. É o terceiro ano que tenho a honra de ser convidado para a grande de programação de aniversário desta Biblioteca que dialoga com a comunidade o ano inteiro e incentiva o interesse pela leitura! Parabéns Biblioteca Monteiro Lobato!” agradece o artista Wilton Bernardo
Biblioteca-Monteiro_Lobato-Oficina_Desenho

:: Oficina HQ

Publicidade
BANNER_OFICINA_HQ_Abril_2013

Inscrições abertas para Oficina de Quadrinhos em Salvador

A Ação Cultural Oficina HQ, coordenada por Wilton Bernardo, em parceria com o Museu Carlos Costa Pinto, abre inscrições para Oficina de Quadrinhos em Salvador-BA. A atividade acontece durante 10 encontros, aos sábados, nas instalações do Museu, a partir de 13 de abril.
BANNER_OFICINA_HQ_Abril_2013

Desde 2003 que o artista gráfico/ plástico, através da Oficina HQ, realiza ações culturais diversas em Salvador. Além das dezenas de Oficinas de Quadrinhos voltadas para adolescentes e dultos, bem como oficinas de desenho para o público infantil, o portfolio da Oficina HQ tem muitas exposições e ações sociais.

Confira algumas realizações abaixo:
cartaz-exposiçao
Exposição Releitura do Batman, na EBEC Galeria de Arte

layout1
Exposição 45 ano do Homem-Aranha, no Shopping Itaigara

titulo-HQ-Bahia
tira-m02g
Exposição HQ BAHIA I, na Galeria da Aliança Francesa(Salvador-Ba)

topo-viloes1
eri01G
Exposição A VEZ DOS VILÔES (o trabalho acima, de Eri, participou da mostra)

topo-itinerante

Projeto Oficina HQ Itinerante, que levou oficinas de Quadrinhos para comunidades carentes de Salvador – Projeto contemplado através de Edital do Governo da Bahia

Essas são algumas da diversas realizações da Oficina HQ, coordenada por Wilton Bernardo. Breve divulgaremos mais realizações dessa Ação Cultural que completa 10 anos e atividades contínuas, neste ano de 2013.

:: Oficina HQ
www.oficinahq.com