Personagem de Quadrinhos x Possibilidade de sucesso

A Liga da Justiça


Faltando alguns dias para iniciar uma nova turma da Oficina de Quadrinhos – 22 de julho começa a nova Oficina de Quadrinhos no ateliê da Faculdade Ruy Barbosa, Salvador-BA -, decidi escrever este artigo, para dar uma “palhinha” do que discutiremos em sala, além das etapas de construção de uma história em Quadrinhos. Espero que seja proveitoso para você:

Possibilidade de sucesso
Quem não sonha em ver sua criação artística fazer sucesso? O fato é que já houve um tempo em que não se poderia imaginar as dimensões grandiosas de sucesso que um personagem de quadrinhos poderia alcançar. Imaginar que um personagem de tirinhas ou revistas em quadrinhos ganhariam sucessos arrebatadores em adaptações para games, virar garoto propaganda de campanhas publicitárias de grandes marcas e poder ganhar a indústria cinematográfica.
Apesar de não ser uma regra, o grande sucesso pode sim “abraçar” seu personagem. Antes de terminar este artigo, te pergunto: você está seguro sobre ter as rédeas do seu personagem? Entenda “rédeas” como noção de seus direitos autorais!


Histórias inusitadas de sucesso
Em 1962 uma agência de publicidade solicitou a um desenhista que ele criasse uma personagem para estrelar uma campanha publicitária. O nome da personagem deveria ter a sílaba “Ma” porque o patrocinador era Mansfiel. A campanha acabou não acontecendo, mas um diretor da agência ao assumir outro trabalho na imprensa, lembrou e solicitou a utilização da personagem que teve grande sucesso. Assim iniciou a história de sucesso da Mafalda, criação do Joaquín Salvador Lavado, o Quino.
No início da década de 1930 dois estudantes apaixonados por ficção científica se conhecem e no ano seguinte criam um personagem. Em meio a muitas revisões e mudanças de características desse personagem, batem em muitas portas e recebem muito “NÃO” antes da oportunidade que transformaria aquela criação numa das mais icônicas e rentáveis personagens do universo dos Quadrinhos – Superman! Jerry Siegel e Joe Shuster, os criadores do homem de aço jamais imaginavam o sucesso que este personagem alcançaria. Com certeza experimentaram a grande felicidade de ver sua cria ganhar o mundo, mas tiveram sérios problemas com direitos autorais por fazerem acordo que parecia realmente ser bom para eles. Mas isso, se o personagem não tivesse crescido tanto e se tornado o grande sucesso que é até hoje.

Direito autoral e falta de informação
Este é um assunto que gera muita discussão e falácia porque a grande parte das pessoas não conhecem as leis que defendem os direitos autorais, e por isso, acabam fazendo as vítimas se sentirem culpadas por conta dos desrespeitos aos seus direitos, causados por outros. EM situações assim os autores podem ser desencorajadas a lutar pelos seus direitos. Para perceber esse risco basta lembrar do que uma pessoa sempre pergunta ao saber que por exemplo, alguém utilizou seu personagem ou arte sem sua devida autorização: “e você registrou o personagem”?
Querendo ou não, ao lançar essa pergunta, o interlocutor praticamente está dizendo ao artista que teve seus direitos desrespeitados: “já que você não registrou sua criação, não reclame!”.
Mas este interlocutor está enganado e se baseia em “achismo”.

Entenda os seus direitos
A lei de direito autoral (9.610/98) protege qualquer criação do intelecto humano que não se caracteriza como elemento da propriedade industrial .
Os direitos autorais se dividem em direitos morais e direitos patrimoniais.
a) Direitos morais: Quanto a estes, são direitos perpétuos, inalienáveis e irrenunciáveis. Não se pode abrir mão nem vendê-los! E mesmo que o faça, não surtirá nenhum tipo de efeito juridicamente válido.
Duas das cláusulas referentes aos direitos morais defende que:
I – o direito de reivindicar, a qualquer tempo, a autoria da obra
II – O direito de ter seu nome, pseudônimo ou sinal convencional indicado ou anunciado, como sendo o do autor, na utilização de sua obra;
Há muitos outros itens e é importante se saber.

b) Direitos patrimoniais: Estes regulam a exploração econômica da obra. Já estes direitos pode ser vendidos, negociados, como o autor desejar. Cuidado!Pense duas vezes antes de fazer uma cessão de direitos sem prazo de validade no que diz respeito a exploração comercial. Hoje seu personagem pode ser anônimo e não render absolutamente nada, mas amanhã, ninguém sabe onde ele pode chegar!
E saiba que entre os itens que regem os direitos patrimoniais, é assegurado:
I – Dispensa de registro. Isso mesmo. De acordo com o artigo 18, para que o autor possa usufruir da proteção legal, basta que comprove , por qualquer meio, a sua autoria. O registro da obra não é fator que defini se o autor tem direito ou não, mesmo porque se este pode provar que sua autoria tem data que antecede ao registro,deixa de ter validade.

II – Temporariedade da obra: Segundo o artigo 41, o direito de explorar comercialmente sua obra em caráter exclusivo, dura por toda a vida do autor e mais 70 anos após a sua morte

Há muito mais a saber sobre os direitos autorais, portanto, se você é autor de alguma obra, procure ler sobre seus direitos. Só assim, poderá entender e cobrar justiça, se algum dia, precisar.

# Wilton Bernardo
Designer gráfico e artista visual; Professor do Curso de Quadrinhos Oficina HQ; designer idealizador da marca Laço Afro
http://www.wiltonbernardo.com | wiltonbernardo@hotmail.com

4ª Dica: Recursos Narrativos (Angulações)

algulacao-will_eisner
(Ilustração acima do mestre Will Eisner)

Este é um assunto delicado e importante. Você pode ser criativo, saber bastante sobre recursos da linguagem dos quadrinhos. Pode já ter visto quadrinhos interessantes com distribuições criativas de balões e desenhos… Na hora de você colocar a mão na massa e mostrar seu trabalho desenvolvendo a sua narrativa gráfica, cuidado para não pecar por excesso. Não use os recursos gratuitamente. É importante pensar no público que vai ler essa narrativa, e deixar o contexto da história também te fazer perceber o recurso apropriado a ser usado, que no caso, é o tipo de angulação.

IMPORTANTE: Perceba que em determinadas angulações você pode ajudar um personagem a estar encurralado, a ter mais força. As angulações também servem para comunicar, assim como todos os outros recursos narrativos.
Pesquise: Plano plongé e contra-plongé!

Abraço e até a próxima!

# Wilton Bernardo
Designer gráfico e artista visual
Gestor do curso de Quadrinhos Oficina HQ e da marca Laço Afro
http://www.wiltonbernardo.com | wiltonbernardo@hotmail.com

banner-hq-ruy-barbosa-12-11-16

1ª Dica – Roteiro para HQ

foto1_115526

Hoje inicio uma série de dicas que serão postadas aqui até 1º de novembro, com o objetivo de colaborar com a construção de sua história em Quadrinhos!
Uma das etapas mais festejadas pelos alunos que se inscrevem na Oficina de Quadrinhos é ROTEIRO.
O mais interessante é que, obviamente respeitando as devidas diferenças as suas aplicações – cinema, publicidade, quadrinhos – há com toda certeza, um diálogo e informações que funcionam para todas essas possibilidades de comunicação.
Mas sim, quadrinhos tem suas especificidades, é é nele que mergulhamos.

Duas dicas objetivas que eu abordo na Oficina de quadrinhos e adianto pra vocês são as seguintes:

PRIMEIRO: Roteiro não é história. Você precisa ter uma história para em seguida roteirizá-la. Para ilustrar isso, pense o seguinte: Uma editora contrata você e um outro profissional – um de vocês vai desenvolver o roteiro da HQ e o outro vai desenhar. Mas o objetivo é desenvolver uma narrativa da obra de Jorge Amado “Gabriela Cravo e Canela”. Então, a história já existe. O que um de vocês fará é desenvolvido o processo de roteirização.

SEGUNDO: Se a história não existisse, então, o argumentista (como argumento, nesse caso, você deve entender “história”. Não estou me referindo a argumento no cinema) vai desenvolver antes de tudo o Story line. E o que é story line? Story line é um resumo da história em aproximadamente 5 linhas.
Aguarde a próxima dica. Abraço!

# Wilton Bernardo
Designer gráfico e artista visual
Gestor do curso de Quadrinhos Oficina HQ e da marca Laço Afro
http://www.wiltonbernardo.com | wiltonbernardo@hotmail.com

quadrinhos-faculdade-ruy-barbosa

Oficina de Quadrinhos será curso de extensão na Faculdade Ruy Barbosa, Salvador-BA

oficina-de-quadrinhos_1

A Oficina de Histórias em Quadrinhos a partir de 5 de novembro será Curso de extensão no Ateliê da Faculdade Ruy Barbosa
As inscrições já estão abertas!
Editado em 27/10/16
As etapas de construção de uma HQ será abordada no próximo curso de Quadrinhos, que o artista visual Wilton Bernardo realizará na Faculdade Ruy Barbosa.
De 12 de novembro a 17 de dezembro os alunos aprenderão, de forma teórica e prática, sobre criação de personagem, roteiro, story board, recursos narrativos, desenho e todas as outras etapas que fazem parte da construção de uma HQ, com carga horária de 16h.

Podem se inscrever: estudantes (a partir de 14 anos) e profissionais de diversas áreas interessados em aprender mais sobre a construção de uma História em Quadrinhos – uma forma de expressão riquíssima que dialoga com literatura, cinema. E por isso mesmo, vídeos e muitas referências a cinema são apresentadas no programa.

Wilton Bernardo é graduado em artes Visuais, estudou cursos específicos sobre a narrativa dos quadrinhos e tem no currículo diversos trabalhos nas áreas de artes e design – criou personagens em parceria com o cantor e ilustrou primeiro livro infantil de Carlinhos Brown; criou uma marca (Laço Afro) que produz peças de design com ilustrações autorais acerca da temática afro-brasileira, desenvolveu diversos souveniers para as Obras Sociais Irmã Dulce e criou a marca Oficina HQ através da qual realiza Oficinas de Quadrinhos e de Desenho desde 2003. Também já ganhou vários prêmios como diretor de artes e ilustrador.

A Faculdade DeVry Ruy Barbosa busca em sua essência empoderar seus alunos para alcançarem seus objetivos de carreira e pessoais. Pensando nisso a coordenação dos cursos de Publicidade e Propaganda, Design Gráfico, Design de Produto e Design de Interiores da Ruy se unem no apoio a este projeto através do coordenador e professor José Wilker M. Araújo (whatsapp (71) 99224-0746, e-mail: jaraujo8@frb.edu.br).

Serviço:
Oficina de Quadrinhos (para adolescentes e adultos)
Local: Faculdade DeVry Ruy Barbosa – 422, Rua Theodomiro Baptista – Rio Vermelho, Salvador-BA
Horário: 9:30 às 11:50h
Período: 12/novembro a 17/dezembro (aos sábados)
Investimento: 2 x R$ 210
Informações e inscrições: (71) 99305-9093 (tim/whatsapp de Wilton Bernardo), oficinahq@hotmail.com (e-mail)

online-hq-ruy-barbosa-12-11-16

Em Salvador: Oficina Produção em Quadrinhos

Nova-Oficina_HQ
Programe-se para o mês de outubro: Oficina “Produção de Quadrinhos”, ministrada por Wilton Bernardo em apenas 2 dias, 17 e 18 de outubro, das 13 às 19h, num total de 8h, e investimento super bacana! Apenas R$ 75
A Oficina HQ já realizou mais de 20 oficinas, mais de 12 exposições coletivas ao longo dos 12 anos, e agora traz uma oficina mais compacta, porém, mais atual, e com uma abordagem mais ampla. Além das etapas de realização de uma HQ como desenho, criação de personagens, roteiro, e uma análise dos recursos narrativos disponíveis para ajudar o cartunista, Bernardo propõe abordar e dar dicas de como realizar a produção, como concretizar a produção de quadrinhos e até contato para apresentar seus trabalhos ao mercado internacional!Sim! Se você curte quadrinhos, saiba que além de tudo isso, você vai encontrar e fazer contato uma galera que tem interesses parecidos com os seus!
Reserve logo sua vaga!
(71) 9305-9093 (Wilton Bernardo) ou oficinahq@hotmail.com

+ sobre Wilton Bernardo:
Wilton atualmente, além da Ação Cultural Oficina HQ, Bernardo administra a marca Laço Afro (www.lacoafro.com), criada para assinar suas artes e produtos desenvolvidos com inspiração na temática africana e afro-brasileira.
Atualmente Bernardo está com uma campanha num site de crowdfunding para realizar a sua próxima exposição em São Paulo. O projeto está inscrito no site kickante.com.br e se quiser conhecer a campanha, aqui está o link: http://www.kickante.com.br/campanhas/wilton-bernardo-exposicao-crenca-e-fe-em-sao-paulo

Another é o novo mangá da Editora JBC

Another-1
A Editora JBC lançará, este mês, o primeiro volume do mangá Another (190 páginas, formato 13,5 x 20,5 cm, R$ 13,90).

Tudo começa com uma historia contada pelos alunos do Colégio Yomita: há 26 anos, havia um aluno chamado Misaki que, desde o primeiro ano, era uma pessoa querida por todos ao seu redor, bom aluno e ótimo atleta. Mas, no terceiro ano, ele caiu na turma 3-3 e perdeu a vida em um acidente. Os colegas de Misaki, sem saberem como lidar com a morte repentina do amigo, decidiram “fingir que Misaki estava vivo”. Porém, no dia da formatura, na hora que a foto da turma 3-3 reunida foi revelada, Misaki estava presente.
another-3154383
Agora, o recém transferido Koichi, terá que descobrir quem é a misteriosa aluna de tapa-olho e o que se esconde por trás dessa história toda em uma trama de muitas reviravoltas.

A história foi escrita por Yukito Ayatsuji, um famoso escritor de mistério e ficção policial que usa muitos elementos de reflexão em suas obras. A adaptação da obra para mangá, ficou por conta do ilustrador Hiro Kiyohara.

Trata-se de uma série de suspense e terror, lançada originalmente no Japão em 2009 como livro e posteriormente transformada mangá. Ganhou ainda um anime com 12 episódios e foi adaptado como filme, em 2012.

Another terá, no total, quatro volumes.

Fonte:Universo HQ

RELEITURA DE PERSONAGENS DE QUADRINHOS NA MOSTRA “IRÚNMOLÈ DE YURI FERRAZ

CARTAZ-ONLINE-IRUNMOLE

A Oficina HQ disponibiliza a exposição Online IRÚNMOLÈ do artista visual Yuri Ferraz no próprio site da Ação Cultural(www.oficinahq.com) a partir de hoje (30 de janeiro), celebrando assim, o dia nacional dos quadrinhos.

A mostra composta por diversos desenhos sobre papel que retratam personagens populares extraídos de HQs teve a primeira temporada no 2o. semestre de 2012 na Galeria ACBEU(Corredor da Vitória, Salvador-Bahia). Nessa 2a. edição a mostra traz trabalhos inéditos.
irunmole-26G

Tudo ganha um novo significado e uma nova leitura com as fusões simbólicas do artista visual que insere elementos da cultura africana nos personagens tão conhecidos pelos apreciadores de quadrinhos. Com curadoria de Caetano Dias, a exposição IRÚNMOLÈ tem patrocínio da MOBILE através do FAZCULTURA, e Governo da Bahia.

A ação cultural que convidou o artista Yuri Ferraz para fazer a primeira exposição individual do site, para celebrar o dia nacional dos quadrinhos, lançar o novo site e dar início a uma série de eventos que serão realizados este anos pela Oficina HQ, coordenada por Wilton Bernardo.
Topo-IRUNMOLE

+ Ação Cultural Oficina HQ
http://www.oficinahq.com

Djavan e Luis Gonzaga já confirmaram presença na exposição! Quem você vai levar?

Caricaturas de Isadora Sabar, que integram a exposição Ícones POP da Música Brasileira, com data pra abertura na Galerai Xisto Bahia dia 15 de setembro. 12 de utubro o catálogo estará disponível na Grioti livros digitais com pequena biografia de cada artista representado (www.grioti.com.br)

Vamos lá artistas gráficos! Que Ícone POP da música brasileira você vai levar a exposição? Já garantiram Elza Soares, Renato Russo, Kid Abelha, Nando Reis, Daniela Mercury, Jacson do Pandeiro, Pitty…. e ai?
Quem mais você acha que não dve faltar?

Vamos participar galera!!! Etre nesse projeto e faça GOL com a Oficina HQ até 2014! Daqui até lá estaremos homenageando ícones de várias expressões, inclusive do Futebol!! Vamos nessa!! Envia sua caricatura até final de agosto para oficinahq@hotmail.com

:: Oficina HQ

Ícone POP da Música Brasileira

Banner de divulgação da próxima exposição da Ação Cultual Oficina HQ

Até dia 25 de agosto, estaremos lembrando diversos ícones POP da música brasileira, não importa o estilo musical. Já pedimos desculpas antecipadamente porqeu sabemos que são artistas demais pra homenagear. Pois é…  temos realmente ótimos motivos para fazermos caricaturas. Espero que os cartunistas realmente embarquem nessa curtição importante. SIM. Podemos homenagear quem quisermos. Ninguém precisa de uma lei, de uma iniciativa do Governo, do estado ou de quem quer que seja.
Esse POSt é para lembrar do Cazuza! Um ícone POP que não podemos esquecer!


:: Oficina HQ