Criação de Personagem e Direito Autoral – analisando o Superman


Hoje vou falar um pouco sobre criação de personagem e direito autoral. Esse é um assunto muito importante. Afinal, não basta ser criativo, talentoso. É importante entender o que lhe cabe, a importância de se criar um personagem e o que significa “um personagem” nos dias de hoje.
Um personagem nascido de um desenho, pode ganhar o mundo. Um mundo de suportes como cadernos, roupas, produtos decorativos, brinquedos, jogos, além de ser garoto propagada de inúmeras marcas, e ganhar telas de cinema. Não há limites para os personagens.

Aproveitando o clima das aulas da Oficina HQ sobre Criação de Personagem – acontecendo desde o sábado passado, 11/05/19, no Museu Carlos Costa Pinto para a garotada e no Centro Universitário UniRuy, para adolescentes e adultos, vamos abordar alguns personagens e seus criadores!
Por onde começar? Claro que começaremos por ele o Superman. Sabe por quê?

CRIADORES DO SUPERMAN
Segundo o Roberto Guedes, em sua matéria para a revista Mundo dos Super heróis, até junho de 1938 as revistas em quadrinhos não existiam de verdade, eram quase sempre apáticas republicações de tiras de jornal. Mas depois de Action Comics 1 em que estampava o Superman na capa – 1ª aparição do personagem -, artistas talentosos e diversos personagens que surgiram em seguida, ajudaram a criar uma indústria bilionária!
É claro que sem investimentos, não há retorno. Mas em terreno de gente que valoriza a criatividade e o talento, se dá a Cesar o que é de Cesar! Aqui, no Blog do Curso de Quadrinhos Oficina HQ, reverenciamos, sem sombra de dúvidas, os criadores do Superman: Jerry Siegel e Joe Shuster e reconhecemos que se por um lado, sem altos investimentos, não se lucra alto, por outro lado, sem criatividade, sem a criação, não se tem no que investir, afinal dinheiro se consegue, financiamentos, empréstimos, economia pode-se fazer, mas criar, amigos, vamos reconhecer, não tem como negociar isso. Principalmente numa sociedade como a que vivemos onde a capacidade de se reproduzir o que se cria é enorme, o valor de uma mente criativa, é inestimável.

DESENHISTAS DIVERSOS
Ed McGuinness, José Luis Garcia-López, Wayne Boring, John Byrne, Alex Ross, Frank Quitely, Dan Jurgens, Max Fleischer e Curt Swan. Sabe o que todos estes nomes têm em comum? Todos eles desenharam o Supermam, em algum período de sua longa trajetória. E não pense que citei todos! A lista é enorme!!!! Mas fiz questão de citar alguns nomes para chamar atenção a uma coisa que deveria ser óbvia, mas tenho visto que não é: O fato de dezenas de outros desenhistas terem trabalhado com o personagem, cada artista com seu estilo, seu traço, sua forma específica de produzir sua representação gráfica do personagem, não muda em absolutamente nada os direitos e créditos dos autores Jerry Siegel e Joe Shuster. É muito simples entender. Pense numa música criada por determinado artista. Muitos artitas poderão cantar esta mesma música, mas o autor, não continua sendo o mesmo? Pois bem! Uma vez autor, sempre autor.
A exploração comercial pode até ser negociada, mas o autor, jamais deixa de ser autor de uma obra que desenvolveu. Não esqueça jamais disso.

Confira abaixo algumas versões do Superman por diferentes artistas:

Superman por Alex Ross

Superman por Frank Quitely

Superman por Joe Shuster, co-criador do personagem, em parceria com Jerry Siegel

:: Wilton Bernardo (@wilton_bernardo) é artista visual, criador da Ação Cultural Oficina HQ (@oficinahq) e criador da Marca Laço Afro (@lacoafro)
http://www.wiltonbernardo.com

Dona Florinda, do ‘Chaves’ estreia canal no Youtube

dona_florinda

A atriz mexicana Florinda Meza, de 67 anos, conhecida do público como a Dona Florinda, acaba de inaugurar o seu canal no YouTube. Em um vídeo publicado nesta quinta (27), a viúva de Roberto Bolaños, o eterno Chaves, interpreta uma personagem criada pelo marido, a Chimoltrúfia.
Florinda afirmou há alguns meses que tinha vários projetos, mas que ainda não se sentia pronta para voltar ao trabalho por não ter superado a morte de seu marido, em 2014, aos 85 anos.
“Promessa é dívida. Agora sim, vejam a #LadyChimoltrufia em ação”, escreveu a atriz no Twitter. “Obrigada por seus belos comentários. #LadyChimoltrufia se sente muito emocionada. E eu, feliz de poder estar perto de vocês. Eu os amo.”
CONFIRA O VÍDEO ABAIXO QUE JÁ É SUCESSO:

Fonte: http://www.uai.com.br/
banner-hq-ruy-barbosa-12-11-16

Em cartaz, Terapia de Risco.

e8de5c525c84327dd61512e9bbc6676a_jpg_290x478_upscale_q90

Sinopse e detalhes

(Não recomendado para menores de 14 anos)
A trama gira em torno da jovem Emily Hawkins (Rooney Mara), que acaba de ver o marido (Channing Tatum) ser libertado da prisão por um crime de colarinho branco. Mesmo aliviada, Emily tem crises de depressão e busca a ajuda de medicamentos prescritos para conter a ansiedade. Ela também busca amparo num tratamento psicológico, lidando com profissionais (Jude Law e Catherine Zeta-Jones). O tratamento, por mais que comece de forma positiva, vai gerar consequências inesperadas na vida da jovem.

Fonte: adorocinema.com

Publicidade:
BANNER_OFICINA_HQ_Abril_2013

Participe Exposição “Ícones POP” do Futebol (Caricatura ou ilustração) realizada pela Oficina HQ

Pelé_Wilton_Bernardo (1)

Ação_Cultural_Oficina-HQ_marca

A Ação Cultural Oficina HQ vai realizar uma exposição que será literalmente Show de Bola! Se você quer participar enviando caricatura ou ilustração, saiba de todas as informações postadas na página da Oficina HQ no Facebook, com lista de nomes de jogadores que não podem faltar: http://www.facebook.com/pages/A%C3%A7%C3%A3o-Cultural-Oficina-HQ/186958778077722

A exposição receberá trabalhos até dia 20 de maio. A abertura da mostra acontece em início de junho, antes do início da Copa das Confederações.

+ Oficina HQ
quadrinhos_ssa@hotmail.com

P.S.1: podem ter outros jogadores BRASILEIROS que não estejam na lista.

Obrigado pelo interesse de todos!

Confira a última exposição realizada pela Oficina HQ clicando AQUI

Publicidade:
banner_oficina_hq_abril_2013

Neymar vira personagem de história em quadrinhos

Depois de fazer sucesso nos gramados, Neymar tem a chance de ser astro também em outra dimensão. O craque do Santos, lançou nesta quinta-feira, ao lado de Maurício de Sousa, o gibi “Neymar JR.”. A história será publicada mensalmente e a primeira edição, chamada de “Um garoto talento” deve chegar às bancas no dia 30 deste mês.

neymar

A expectativa é de que, no futuro, a história vire até um longametragem animado. Pelé, Ronaldininho Gaúcho, ROnaldo e Maradona já foram personagens de Maurício de Sousa.

Fonte: super esportes:

Publicidade:

banner_oficina_hq_abril_2013

HOJE: REBECA MATTA LANÇA PRIMEIRO DVD COM SHOW NO COMMONS

521662_359541707488258_55249612_n

Referência da música independente baiana desde que surgiu com o premiado álbum Tantas Coisas (1998), a cantora Rebeca Matta (fotos: Tiago Lima) lança hoje À Flor da Pele, seu primeiro DVD da carreira, com um show no Commons Studio Bar.

O vídeo é uma uma bela realização da artista, que não se preocupou em apenas filmar o show – gravado em dezembro de 2011, no Solar Boa Vista.

Há uma preocupação evidente em construir um espetáculo “sinestésico” (capaz de provocar múltiplas sensações).

Para isto, ela lança mão de recursos como video-projeções do VJ Dexter e cenografia, fotografia e direção assinadas pelo artista visual Marcondes Dourado.

No palco, Rebeca é acompanhada por músicos profissionais de primeiro time: Juninho Costa (guitarra), Emanuel Venâncio (bateria), Ricardo Cadinho (baixo) e João Meirelles (programações eletrônicas).

Para completar, convidados igualmente conceituados, como o duo Dois Em Um, o violonista Mario Ulloa, o guitarrista Peu Sousa e o cantor Ronei Jorge. Infelizmente, suas participações so poderão ser vistas no DVD.

Fonte: rocoloko

Publicidade:

banner_oficina_hq_abril_2013

Syfy anuncia duas minisséries de alienígenas: Ringworld e Childhood’s End

Nesta semana, através de nota de imprensa, o canal americano Syfy anunciou que vai produzir duas novas minisséries de ficção científica: Ringworld e Childhood’s End, ambas baseadas em livros best-sellers.

ringworld

A nova minissérie Ringworld, baseada no livro de mesmo nome de Larry Niven, mostra uma equipe de exploradores que é montada com urgência para viajar aos mais longínquos locais do espaço e investigar um artefato alienígena que deixou todos estupefatos: o Ringworld, um habitat artificial do tamanho de um milhão de “planetas Terras”.

Quando chegam a essa enorme estrutura, eles descobrem os escombros de antigas civilizações, uma tecnologia além de seus maiores devaneios e mistérios que revelam as origens da humanidade — e, o mais importante, uma possível salvação para a Terra sentenciada ao seu fim.

Ringworld é escrita por Michael Perry (The River, Atividade Paranormal 2) e está sendo desenvolvida como um uma minissérie de quatro episódios. Seus produtores executivos são William S. Todman Jr. e Edward Milstein.

Childhood’s End: invasão alien do bem
alien
Fonte da imagem: Shutter Stock

Childhood’s End, baseada no livro de Arthur C. Clarke, mostra uma invasão alienígena pacífica na Terra, feita pelos misteriosos Overlords. A chegada dos visitantes traz o fim de todas as guerras e transforma o planeta numa espécie de utopia.

A série tem como produtor-executivo Michael DeLuca (A Rede Social). Não ficou claro quantos episódios de Childhood’s End serão produzidos.

Ainda não foi anunciada a data de estreia das duas minisséries.

E você, gostou mais de qual delas?

fonte: minha serie

Publicidade:

banner_oficina_hq_abril_2013

DC Comics revela personagem transgênero em Batgirl # 19

bat girl

A revista Batgirl # 19, que conta com roteiros de Gail Simone e arte de Daniel Sampere e Vicente Cifuentes, foi lançada ontem nos Estados Unidos, causando uma grande repercussão na mídia. O motivo é a revelação de que Alysia Yeoh, personagem com a qual a heroína divide o apartamento e cuja primeira aparição se deu em Batgirl # 1 (setembro de 2011), revelou ser transgênero e bissexual.

De acordo com a DC Comics, ela seria o primeiro transgênero a aparecer em uma revista popular de super-heróis.

A inspiração de Simone veio de uma conversa com o escritor Greg Rucka (um dos responsáveis pela criação da nova Batowman, que, nas histórias, é abertamente homossexual), há alguns anos, na convenção WonderCon. “Olhei para o público e vi dezenas de rostos, muitos deles LGBT, e todos leitores ávidos de quadrinhos. Daí me questionei o motivo de não falarmos mais sobre o assunto e representarmos melhor essa parcela dos nossos leitores”, revelou durante entrevista ao site Wired.

A autora apresentou a proposta para o editor Dan DiDio, que aprovou a ideia. “Pensei que teria que fazer uma grande defesa da proposta, mas ele apenas parou, me perguntou como isso afetaria a história da Barbara Gordon, e aprovou imediatamente”, revela.

Para ela, a diversidade é um assunto muito importante para ser abordado nos quadrinhos de super-heróis. “Nós temos um problema que outras mídias não possuem. Quase todos os principais personagens da indústria foram criados há mais de 50 anos, e não podemos ficar nos baseando apenas nos conceitos daquela época”, explica.

A diversidade de opção sexual vem ganhando bastante espaço nos quadrinhos ultimamente, com a DC e a Marvel sendo bem abertas sobre o assunto. Na DC, além da Batwoman, o Lanterna Verde da Terra 2 também é gay. Já na “Casa das Ideias”, o herói mutante Estrela Polar se casou com seu parceiro.

bg_19_4

Fonte: universohq
Samir Naliato

Publicidade:

banner_oficina_hq_abril_2013

Neill Blomkamp ainda se interessa pelo filme da série Halo

halo_4_cortana_background_by_crowlad-d52fobn

Neil Blomkamp, diretor de “Distrito 9″ e do ainda inédito “Elysium“, continua interessado em fazer um filme do jogo Halo, mas apenas o faria se lhe fosse dado controle total do projeto. No entanto, entende-se que a Microsoft esteja sendo protetora em relação a Halo.

Blomkamp assinou, há cinco anos atrás, para fazer o filme juntamente com o Peter Jackson, mas o projeto desabou assim que a Microsoft ficou com os direitos do filme. Mas, apesar da ideia complexa de trabalhar num projeto como o Halo, Blomkamp continua aberto para o produzir.

“Eu continuo a amar o mundo, o universo e a mitologia do Halo“, disse ele ao IGN, “Se me fosse dado controle, eu adoraria fazer esse filme.”

E vocês, gostariam de ver a série da Microsoft virar filme, e se sim, concordam com a direção de Blomkamp?

22828_halo_halo_4

Fonte: games brasil

Publicidade:
banner_oficina_hq_abril_2013

Criador de Mario revela por que Luigi é verde

The-Mario-Bros-mario-and-luigi-9298164-1955-2560

Comemorando 30 anos desde a primeira aparição de Luigi, em Mario Bros. (1983), o criador dos irmãos encanadores e muitos outros clássicos da Nintendo, Shigeru Miyamoto, contou à revista Rolling Stone a história por trás da cor verde do personagem.

“Um dos problemas [na época] era a limitação de memória e por causa disso o segundo personagem tinha que ser igual ao primeiro em aparência. Então olhamos para isso e falamos ‘bem, mesmo se tivermos o mesmo personagem, poderíamos potencialmente mudar sua cor’”, disse. “Mas, de novo, nos tínhamos uma paleta de cor limitada – não tínhamos muitas cores adicionais para poder usar”.

“Aí, reparamos nas tartarugas do jogo. Suas cabeças eram meio cor-de-pele e seu cascos eram verdes, então, o que poderíamos fazer era usar a paleta de cores das tartarugas nesse personagem. A partir dessas limitações técnicas nós dissemos, ‘ok. Temos esses dois personagens. Eles são iguais, tirando o fato de que as cores são diferentes. Obviamente eles precisam ser gêmeos’. A partir daí decidimos, ‘eles são gêmeos e o outro personagem [Luigi] deve ser o irmão mais novo”, explicou.

Segundo Miyamoto a solução de problemas como esse que cria ótimos designers de games. “Como você pega essas limitações, cria algo único e coloca na história ou no cenário e consegue explicar por que essas coisas existem? Por último, essa é a razão porque Luigi é verde, mas param mim é uma importante faceta do design: como você usa uma limitação para construir algo novo.”

Para celebrar as três décadas de Luigi, a Nintendo está lançando em 2013 Luigi’s Mansion: Dark Moon e Mario & Luigi: Dream Team, para 3DS. Além disso, o personagem verde também será conteúdo extra, via DLC, em New Super Mario Bros U, para Wii U.

asdasd

Fonte: Games Terra

Publicidade:
banner_oficina_hq_abril_2013