CANTORA NÊSSA LANÇA NOVO SINGLE EM SALVADOR

Destaque na nova cena pop da música soteropolitana, a cantora Nêssa lança novo single, com direito a videoclipe gravado na capital baiana. É a terceira música lançada pela artista, ainda nova no mercado, mas que preza pelo trabalho autoral e muita criatividade em suas obras.

Trazendo o nome de “Eu não ando só”, o clipe traz imagens de bairros de Salvador, mostrando o dia-dia do baiano que se divide entre sua rotina de trabalho convencional e a vida artística, tudo isso acompanhado por versos que reforçam a fé e a autoestima do jovem negro. Formando assim, uma excelente combinação regada a uma melodia dançante e gostosa de ouvir.

A música foi composta por Nêssa e conta com participação do grupo de rap Família Tríplice, de Lauro de Freitas. Na técnica, Marco Lima, Daiane Rosário e Edvaldo Jr, assinam produção musical, direção geral e roteiro e fotografia, respectivamente.

Designer por formação e cantora por vocação, Nêssa é nascida e criada em Salvador, iniciou sua carreira na musical em Janeiro de 2018 quando lançou “Só vem”, primeiro trabalho que deu visibilidade a artista, rendendo milhares de views no YouTube e em plataformas de streaming de músicas como Spotify e Deezer, logo em seguida veio “Hard”, canção que mistura o universo dos games com o clima de paquera.

Apesar de ser nova na cena pop baiana, o trabalho da cantora chamou atenção de diversos artistas locais, rendendo participações em shows pela capital e região metropolitana, além de um convite para gravação de uma música com a banda Attoxxa, dona da música do carnaval “Elas Gostam”. A faixa fará parte do próximo albúm do grupo.

Confira:

Baixe a música:
https://www.suamusica.com.br/eunaoandoso

Em livro “Dias pela Estrada”, jornalista retrata cenas de uma volta ao mundo


Em livro “Dias pela Estrada”, jornalista retrata cenas de uma volta ao mundo

Obra será lançada em Salvador e traz contos de viagem que percorreu 23 países

O livro “Dias pela Estrada” surge das inquietações do jornalista Guilherme Soares Dias, que em 2016 decidiu tirar um período sabático e viajar. Percorreu 23 países nos cinco continentes e tentou fugir da escrita, mas foi provocado por ela. O resultado são crônicas passionais, poesias do cotidiano e contos dos caminhos.

A obra será lançada em Salvador em 30 de janeiro, das 18h30 às 21h30 na Katuka Africanidades, Praça da Sé, 1, Pelourinho. Ao todo, são 42 textos de um livro que não foi projetado. Na obra, o autor troca os leads informativos da sua profissão por narrativas autorais. Retrata cenas e sentimentos de um mundo em volta. A ruptura do não escrever provoca a liberdade de falar de si e de tudo. Há sensibilidade, beleza. Há humor.

Negro, durante a viagem que durou nove meses, Guilherme foi abordado por policiais nas ruas de Veneza e Jerusalém. Ele foi também revistado e bastante questionado em várias fronteiras por onde passou. Na Austrália, foi escolhido “aleatoriamente” para um teste anti-bomba. “Foi muito marcante isso na viagem. Encontrava poucos negros viajando e percebia o quanto minha presença era ‘diferente’ em alguns lugares. O livro é mais poético e não consegui digerir isso a ponto de escrever sobre o tema. No conto sobre Veneza, porém, cito um policial que volta para casa com seus preconceitos”, relata.

Os relatos farão parte do bate-papo “um corpo negro pelo mundo” que o autor vai realizar no dia do lançamento, questionando porque os negros viajam menos e listando lugares de cultura negra pelo mundo. A conversa será conduzida pelo criador da aceleradora Vale do Dendê, Paulo Rogério Nunes.

“Dias pela Estrada” é publicado pela editora Multifoco e foi lançado no Rio, São Paulo, Campo Grande e San Pedro de Atacama, no Chile, onde o escritor viveu. Apaixonado por Salvador, Guilherme passa uma temporada na cidade para vivenciar a cultura e efervescência da capital baiana. O livro é vendido por R$ 35 e pode ser adquirido também pelo site: http://editoramultifoco.com.br/loja/product/dias-pela-estrada/

O autor:

Guilherme Soares Dias é de Campo Grande (MS), graduou-se em Jornalismo pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e fez pós-graduação em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Trabalhou em jornais como O Estado de Mato Grosso do Sul, O Estado de S. Paulo, Valor Econômico e é editor e fundador da revista digital Calle 2. Depois de nove meses viajando tornou-se nômade digital e, hoje, viaja, enquanto trabalha e escreve.

Guilherme Soares Dias
(11) 96667-6213

Oficina HQ leva Ícones POP da Música Brasileira para o Espaço Xisto Bahia


A partir de 15 de setembro, a Oficina HQ apresenta a exposição ícones POP da Música Brasileira, em forma de caricaturas e ilustrações, na Galeria Xisto Bahia (subsolo da biblioteca Central, Barris, Salvador-BA).

Além da exposição física, haverá uma versão online que a Oficina HQ disponibilizará no site www.oficinahq.com  a partir do dia 19 de setembro. Será produzido ainda, um catálogo digital em parceria com a Grioti livros digitais com lançamento para dezembro. Os interessados também poderão adquirir cartazes com caricaturas ou ilustrações dos seus artistas preferidos!

Trabalhos gráficos de cartunistas de várias partes do Brasil estão reunidos para homenagear os músicos brasileiros como Caetano Veloso, Nando Reis, Zé Ramalho e muitos outros.

A exposição coletiva é formada pelos artistas gráficos:  Abel Marcelino(BA), Adalfan Filho(CE), Alessandro Trindade(BA), Amauri(BA), Bira Dantas(SP), Chris, The Red(DF), Caó Cruz Alves(BA), Davi Sales(BA), Danilo Dias(BA), Elton Carlos(BA), Gabriel Torres(BA), Isadora Sabar(BA), Jamile Coelho(BA), Luciano Araujo(RJ), Marchini(SP), Oliver Quinto(SP), Olegário Gouveia(BA), Samis (MG), Uenderson(SP), Zecarlos(SP), Wal Alves(BA) e Wilton Bernardo(BA).

A Ação Cultural Oficina HQ, coordenada pelo artista plástico e empreendedor Wilton Bernardo, completa oito anos de realizações culturais voltadas para as artes gráficas em Salvador – a exposição Axé Comics-Mostra de humor com sotaque baiano(2010), exposição Ícones POP(2009), dezenas de oficinas de quadrinhos, mostra de filmes, mesas redondas além de disponibilizar um site com artes gráficas e informação gratuitamente. São atividades culturais diversas voltadas para todas as classes sociais, onde a partir de 2010, através de leis de incentivo, se privilegiam também, comunidades carentes de Salvador.

Todas as realizações só foram possíveis, graças a parceiros e apoios importantes como a EBEC Escola de inglês, Aliança Francesa, Produtora Caco de Telha, SESC Aquidabã, Dona Matilde Matos e Claudine Toulier (2 grandes madrinhas da Oficina HQ), Fudação Cultural da Bahia, produtora Talyta Almeida(nos possibilitou levar oficinas de HQ para comunidades carentes), os professores Wilson Junior, Lucas Pimenta e Isadora Sabar e todos os ex-alunos da Oficina HQ. Gutemberg Cruz, Cedraz, Flávio Luiz, Luis Augusto, muito obrigado. Obrigado aos veículos de comunicação que colaboraram sempre para que a comunidade soubesse de nossas realizações.

Serviço:
1)O que: Exposição “Ícones POP da Música Brasileira – Caricaturas e ilustrações
Local: Galeria Xisto Bahia – Rua General Labatut, 47, Barris (subsolo da biblioteca Central), Salvador-BA
Abertura:  15 de setembro partir das 19h
Visitação: 16 de setembro a 15 de outubro
Seg. a sex., das 9 às 18h; fim de semana e feriado das 16 às 21h

Maiores informações:
Wilton Bernardo
(71) 8807-4331(Wilton Bernardo)
E-mail: oficinahq@hotmail.com
Site: www.oficinahq.com

Exposição “Subtraídos” de Péricles Mendes em Salvador-BA

Exposição "Subtraídos: uma estética do desparecimento" de Péricles Mendes

A Fundação Cultural do Estado da Bahia convida para :

Exposição “Subtraídos: uma estética do desparecimento” de Péricles Mendes
Galeria do Conselho (anexo ao Palácio da Aclamação)
Av: Sete de Setembro, 1330 Campo Grande
Abertura : 12/08/2011 ás 19h
Visitação : 15/08 a 12/09/2011

Att,

DIRART/ Artes Visuais
FUNCEB
71 3116-6953